A história de São Paulo entre duas estações de trem: Estação da Luz e Júlio Prestes

22
332
A Estação Júlio Prestes, em São Paulo, Brasil

Importante meio de transporte de pessoas e mercadorias desde a segunda metade do século XIX, as ferrovias marcaram a história do Estado de São Paulo. Na Capital essa presença começou a tomar forma no ano de 1867 com a construção da primeira ligação entre as cidades de Santos, São Paulo e Jundiaí pela São Paulo Railway, atravessando o planalto paulista e descendo a serra do mar. Depois disso outras linhas foram surgindo, ampliando a malha por todo o Estado e também por Estados vizinhos.

Dessa época áurea, duas estações ainda estão em operação: Luz e Júlio Prestes. Elas são vizinhas, mas pertencem a linhas diferentes, sem ligação direta. Mas um passeio pela região do entorno é uma ótima forma de resgatar essa saga e de quebra visitar muitos atrativos culturais e históricos da cidade. Que tal então conhecer estas duas estações e as atrações ao redor? Vamos lá…

A Estação Júlio Prestes, em São Paulo, Brasil

Estação da Luz

Nosso passeio começa pela Estação da Luz, uma das mais importantes estações ferroviárias da cidade de São Paulo, projeto do arquiteto britânico Charles Henry Driver, encomendada pelo Barão de Mauá para suceder a primeira estação da São Paulo Railway (de 1867).

A Estação da Luz foi edificada entre os anos de 1895 e 1901, na estética vitoriana, sob a supervisão do engenheiro James Ford, com toda a estrutura pré-moldada importada da Inglaterra. Chama a atenção o edifício principal, inspirado no Palácio de Westminter, também famoso pela sua torre do relógio (inspirado no Big Ben).

A Estação da Luz, em São Paulo, Brasil

Em 1982 esse complexo arquitetônico foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico (Condephaat) e hoje faz parte das linhas 7 (Rubi) e 11 (Coral) da CPTM.

Uma triste curiosidade da Estação da Luz é que ela foi parcialmente destruída em duas ocasiões, por incêndios: um em 1946 e outro mais recentemente em 2014. Neste segundo incidente afetando o Museu da Língua Portuguesa, importante espaço cultural que ali funcionava desde 2006 e que está desativado por tempo indeterminado.

A Estação da Luz, em São Paulo, Brasil

O que mais tem ali perto:

  • Pina_Luz (novo nome da Pinacoteca de São Paulo). Primeiro museu de artes de São Paulo e um dos mais importantes do Brasil, que abriga um dos maiores e mais representativos acervos de arte brasileira, com quase dez mil peças abrangendo majoritariamente a história da pintura brasileira dos séculos XIX e XX. Está instalada em um edifício projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo em meio ao lindo Jardim da Luz. Veja nosso post da visita à Pina_Luz.

Pinacoteca de São Paulo - São Paulo - Brasil : A Pinacoteca de São Paulo é o dos mais antigo museu da cidade e um dos mais importantes do Brasil. Guarda um impressionante acervo de arte brasileira. É uma atração imperdível em São Paulo. Pinacoteca de São Paulo - São Paulo - Brasil : A Pinacoteca de São Paulo é o dos mais antigo museu da cidade e um dos mais importantes do Brasil. Guarda um impressionante acervo de arte brasileira. É uma atração imperdível em São Paulo.

  • Museu de Arte Sacra. Instalado em uma das alas laterais do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz, abriga um dos mais representativos acervos desse tipo de arte no Brasil. Leia o nosso post sobre o Museu de Arte Sacra.

Museu de Arte Sacra de São Paulo Museu de Arte Sacra de São Paulo

Estação Júlio Prestes

Bem próximo dali está a Estação Júlio Prestes, projetada pelos arquitetos Cristiano Stockler das Neves e Samuel das Neves em 1925 para fazer parte da Estrada de Ferro Sorocabana, principal via transportadora de produtos da indústria cafeeira, provenientes do Oeste Paulista e do Norte do Paraná.

Inspirada nos luxuosos terminais Grand Central e Pennsylvania, nos Estados Unidos, ela demorou 13 anos para ser concluída e teve seu projeto original simplificado devido a problemas financeiros.

A Estação Júlio Prestes, em São Paulo, Brasil

O nome só foi adotado em 1951 (antes era chamada de Estação São Paulo) e é uma homenagem a Júlio Prestes de Albuquerque, o último presidente do Brasil eleito durante a o período conhecido como República Velha. Impedido pela Revolução de 1930, Júlio não chegou a tomar posse.

A estrutura é em concreto e a alvenaria de tijolos, no estilo Luís XVI, com forros trabalhados, colunas imponentes, detalhes nas esculturas na torre do relógio e nos arcos das amplas janelas da fachada. Conta com belos vitrais que representam a saga do café no Estado.

A Estação Júlio Prestes, em São Paulo, Brasil

Ainda em operação, a estação faz parte da linha 8 (diamante) da CPTM. É lá também que está a sede da Secretaria de Cultura de São Paulo e a famosa Sala São Paulo, casa da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), considerada uma das 10 melhores salas de concerto do Mundo e internacionalmente famosa por sua qualidade acústica.

Sala São Paulo, - São Paulo, Brasil Sala São Paulo, - São Paulo, Brasil

Ao lado, no Largo General Osório, funciona a Pina_Estação (novo nome da Estação Pinacoteca). O prédio originalmente abrigava armazéns e escritórios da Estrada de Ferro Sorocabana e depois foi sede do Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops/SP). Atualmente é um espaço cultural e de exposições artísticas e abriga o Memorial da Resistência (museu com registros da época da ditadura militar) e a biblioteca Walter Wey (significativo acervo de artes visuais, com destaque para arte brasileira).

Pinacoteca de São Paulo - São Paulo - Brasil : A Pinacoteca de São Paulo é o dos mais antigo museu da cidade e um dos mais importantes do Brasil. Guarda um impressionante acervo de arte brasileira. É uma atração imperdível em São Paulo. Pinacoteca de São Paulo - São Paulo - Brasil : A Pinacoteca de São Paulo é o dos mais antigo museu da cidade e um dos mais importantes do Brasil. Guarda um impressionante acervo de arte brasileira. É uma atração imperdível em São Paulo.

⇒ Nossa dica: que tal um passeio gratuito e guiado de bike pelo Centro Novo?

A Estação Júlio Prestes, em São Paulo, Brasil

Economize na sua viagem, aproveitando as ofertas dos nossos parceiros!

Reserve seu hotel ou hostel em São Paulo pelo Booking.com. Melhor preço garantido, sem taxa de reserva e a maioria das reservas podem ser canceladas sem custo.
Sinta-se em casa em São Paulo, reservando sua hospedagem pelo Airbnb. Aluguel de temporada com conforto e segurança. Utilizando o nosso link, ao se cadastrar e fazer sua primeira reserva, você ganha um crédito para sua próxima viagem.
Utilize o CABIFY ou o UBER pra se deslocar por São Paulo com segurança, rapidez e atendimento de qualidade. Utilizando o nosso link, após se cadastrar e completar a sua primeira viagem você receberá um credito para utilizar na sua próxima viagem.

Fazendo sua reserva pelos nossos parceiros, receberemos uma pequena comissão pela indicação, mas você não paga um centavo a mais por isso. Você tem a garantia das melhores ofertas e ainda ajuda a manter este blog (e terá a nossa eterna gratidão!) 😉

Mais informações

Estação da Luz

Endereço: Praça da Luz, 1

Estação Júlio Prestes

Endereço: Praça Júlio Prestes, s/nº

Siga o Família Viagem também no:

FACEBOOK INSTAGRAM PINTEREST TWITTER YOUTUBE G+

Curtiu a dica? Então salve o Pin!

Conheça duas estações de trem tradicionais em São Paulo: a estação da Luz e Estação Júlio Prestes. A história dessas estações se mescla com a história da cidade, seu crescimento e modernização, despontando como uma das mais importantes cidades do Brasil
Conheça duas estações de trem tradicionais em São Paulo: a estação da Luz e Estação Júlio Prestes. A história dessas estações se mescla com a história da cidade, seu crescimento e modernização, despontando como uma das mais importantes cidades do Brasil

22 Comentários

  1. Duas joias de São Paulo e claro, do Brasil! Dois belos edifícios com histórias para contar! Conheço a Estação da Luz – já visitei o Museu da língua portuguesa: muito interessante – mas como você menciona no texto, uma tristeza o incêndio sofrido.

    Já a Estação Julio Prestes, acho que nunca visitei! Uma pena pelo visto! A sala São Paulo está em minha lista de desejos faz tempo. O problema é que minhas idas à São Paulo são sempre para ver os amigos, aí já viu né?! Falta tempo para ver as belezas da cidade! rsrs bj

    • Tesouros mesmo Ana! E que legal que conseguiu conhecer o Museu da Língua Portuguesa! Fico só na torcida pela restauração… Que tal agora incluir a Sala São Paulo na próxima visita? O o tour guiado e um espetáculo lá podem ser um ótimo programa com seus amigos! Unindo o útil ao agradável!!!

  2. Adoro a Estação Luz. Quando vou a São Paulo e visito a enlouquecida e maravilhosa José Paulino faço questão de passar por lá e ficar admirando aquilo tudo.
    Não conheci a Julio Prestes, mas com certeza vou incluir na próxima visita 😁

    • Pois é Carol, vale a pena incluir um passeio pelas estações na próxima visita… Compra e tour cultural, ótima pedida!!! Há uma visita guiada na Sala São Paulo (da Estação Júlio Prestes) que é muito legal! Em breve vou relatar aqui como é!

    • Fico feliz que tenha gostado Francisco! Realmente a Júlio Prestes é linda e vale a visita nem que seja só para conhecer o prédio! Mas assistir a um espetáculo lá na Sala São Paulo é uma experiência incrível…

  3. Me culpo demais por não conhecer isso em São Paulo. Sou daqui e nunca parei pra me programar e fazer esse passeio. Preciso aprender a ser turista na cidade que vivo. Com certeza vale a pena! Adorei a dica e já está anotado!
    Beijos

    • Não se culpe Tatiana, é comum a gente não conhecer a nossa própria cidade mesmo… Eu confesso que demorei para ir a tantos lugares e ainda tenho uma lista enorme para visitar! O importante é perceber que temos sim muita coisa para fazer aqui no quintal de casa… E então curtir muito! E aproveite sim para conhecer esse cantinho da cidade que vale a pena. Muita história e cultura!

Queremos saber o que você achou deste post! Deixe sua opinião, relato, dúvida ou bronca aqui!