Arte de rua em São Paulo: grafites favoritos

45
631
São Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa.

São Paulo é sem dúvida uma das capitais mundiais do grafite, um estilo de arte que divide opiniões, mas que nós adoramos! Então ao recebermos um convite para participar de uma blogagem sobre elementos urbanos, de cara veio a ideia de mostrar a riqueza da arte de rua em São Paulo.

Mas a proposta era que fossem apenas oito elementos e em meio a tantas obras nos parecia uma tarefa impossível essa seleção. Assim deixamos de lado a discussão sobre importância, beleza e representatividade e elegemos oito grafites que fazem parte da nossa memória afetiva. São aqueles que falam alto ao coração e que estão mais presentes em nosso cotidiano. Que nos perdoem alguns clássicos da arte de rua em São Paulo, mas nossa listinha é essa aqui…

O Ray Charles de Eduardo Kobra

São Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa. Ray Charles, do artista Eduardo Kobra

Orgulho nacional, o artista Eduardo Kobra é referência internacional na arte do grafite e um dos nomes mais conhecidos por aqui. E confesso que é meu queridinho. Suas obras estão espalhadas pelo mundo e cativaram milhões de admiradores por aí afora. Para a nossa felicidade o artista sempre valorizou a sua terra de origem e São Paulo conta com um acervo invejável de suas obras.

Qual trabalho escolher para este post? Foi muito difícil, pois há vários clássicos, famosos, majestosos e imponentes… No entanto, o coração aqui optou por um grafite não tão divulgado e de uma simplicidade marcante, de beleza e poesia incomparáveis. E que fica no “quintal de casa”, sempre no nosso caminho para a alegria dos olhos. É uma representação do Ray Charles na Rua Avanhandava, região central da cidade.

Eduardo Kobra no Instagram

A pop art de Daniel Melim

São Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa. Pop Art de Daniel Melim

O Mural da Luz de Daniel Melim também não poderia ficar de fora! Lindo, sem dúvida ele se tornou um cartão-postal da cidade, chegando a ser eleito o grafite que mais representa São Paulo em uma pesquisa feita pelo site da Veja São Paulo.

Com cerca de 30 metros de altura e 25 de largura, o trabalho foi feito em 2011 e ocupa a lateral de um prédio na Avenida Prestes Maia (no bairro da Luz). Tem forte influência da pop art e marcou a fase da implantação da Lei Cidade Limpa, que restringiu a publicidade nos espaços públicos. É possível vê-lo da avenida ou de atrativos locais como a Pinacoteca de São Paulo e o Jardim da Luz.

⇒ O que é possível visitar na mesma região: Pinacoteca de São Paulo

Uma curiosidade: por pouco o mural não foi apagado! Como o projeto ocupou um espaço privado, os donos do edifício ameaçaram passar tinta em cima da obra em um período em que o aluguel não foi pago. Melim foi atrás de um financiamento colaborativo e arrecadou a quantia.

Quer saber mais sobre esta parte da cidade? Veja o post do Tour GRATUITO de bike pelo Centro Novo

Daniel Melim no Instagram

O lirismo da Nina de Apolo Torres

São Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa. Nina de Apolo Torres

Uma delicada menina de mochilinha nas costas tenta alcançar livros que voam no céu. Ao seu redor estão uma serpente, uma aranha e um escorpião. Esta é a cena retratada pelo artista plástico Apolo Torres, que com tamanha poesia visual nos leva a uma reflexão sobre as dificuldades do acesso à educação e à cultura.

O grafite Nina e a Serpente enfeita a lateral do edifício Arapuã, na Rua Amaral Gurgel (região central da cidade) e foi realizado como integrante da campanha mundial “Educação não é crime” e com o apoio do projeto Tudo de cor para você (Tintas Coral). Da Rua da Consolação (próximo da Praça Roosevelt) se tem uma ótima visão deste trabalho.

Apolo Torres no Instagram

O sonho audacioso de TecSão Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa. Artista TEC

Depois de batalhar sem sucesso por um patrocínio para realizar seu audacioso projeto, o artista argentino Tec acabou financiando o seu sonho de forma bem inusitada: vendeu seu próprio carro e usou os recursos na empreitada.

E deve ter valido a pena: seu trabalho saiu do papel e transformou a paisagem do Elevado Costa e Silva (também conhecido como Minhocão), deixando para a cidade uma obra de grande impacto visual.

O grafite de 2015 fica na empena cega do edifício Mercúrio e é o maior desenho do artista, que consumiu cerca de 300 litros de tinta. A obra representa uma pessoa no caos da cidade, repleta de caminhos e estradas pelas quais passa diariamente. Caiu como uma luva no local!

Esta foto tirei do topo do edifício Copan, que é um dos melhores mirantes para se apreciar São Paulo de cima. Quer ver como fazer esta visita GRATUITA?

⇒ Leia mais: Mirantes de Sampa – Edífico Copan

Tec no Instagram

A doce primavera de NOVE

São Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa. Outubro rosa, do artista Nove

A campanha Outubro Rosa, de conscientização sobre o câncer de mama, ganhou uma intervenção artística de peso em São Paulo. Trata-se da união de um gigantesco grafite e um jardim vertical instalados em 2014 em um dos mais movimentados endereços da cidade.

Lembranças de uma doce primavera, obra do artista plástico NOVE, é uma mensagem de esperança e valorização da vida, uma verdadeira ode à felicidade. Enfeitando a empena cega de um prédio com 20 metros de altura, na esquina da avenida Paulista com a rua da Consolação, o trabalho também faz parte do projeto Tudo de cor para você (Tintas Coral).

Passear pela Avenida Paulista é uma das coisas que mais amamos fazer pela cidade. Veja aqui um roteiro bem legal para fazer a pé!

⇒ Leia mais: Roteiro a pé pela Avenida Paulista

Ou se preferir pode fazer o mesmo percurso aos domingos de bike, gratuitamente!

⇒ Leia mais: Tour de bike guiado e gratuito na Avenida Paulista

Nove no Instagram

O novo colorido do MAM de OSGEMEOS

São Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa. Osgemeos no MAM Ibirapuera

Desde 2010 uma das laterais do Museu de Arte Moderna (no Parque do Ibirapuera) ganhou um colorido especial, com seres divertidos e cenas inusitadas criados pelos grafiteiros OSGEMEOS. A “repaginação” do museu foi uma intervenção dos famosos irmãos grafiteiros Gustavo e Otávio Pandolfo, que criaram este belo mural permanente.

A obra virou referência na cidade e está instalada em um edifício que faz parte do conjunto arquitetônico projetado por Oscar Niemeyer no parque. Um ponto turístico importante e que atrai muitos visitantes.

Que tal conhecer o parque do Ibirapuera pedalando? Veja aqui este roteiro gratuito que fizemos com o Bike Tour SP.

⇒ Leia mais: Pedalando pelo Parque do Ibirapuera com o Bike Tour SP

⇒ O que mais dá pra visitar na região: Obelisco do Ibirapuera

OSGEMEOS no Instagram

O intercâmbio cultural de Alexis Diaz e Inti Castro

São Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa.

Uma mulher esquelética, vestindo um manto, coroada com flores e segurando um coração mecânico. Esta é a imagem retratada no chamativo grafite marcado por dois estilos bem diferentes e que fica bem no coração do Vale do Anhangabaú.

A pintura é o resultado de um trabalho colaborativo que uniu os artistas Alexis Diaz (porto-riquenho) e INTI (chileno) na produção de um mural executado no O.bra, evento internacional de arte de rua realizado em 2015 na cidade de São Paulo.

O O.bra contou com a participação de 18 artistas nacionais e internacionais que, em duplas, deixaram um legado de oito murais gigantes pela região central de São Paulo. Este fica ao lado da Praça das Artes e próximo ao prédio da central dos Correios, onde ficam importantes espaços culturais.

Alexis Diaz no Instagram

Inti Castro no Instagram

⇒ O que mais é possível visitar naquela área:

A realidade do Brasil de Bliss Walls

São Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa. Bliss Walls

Esse é um trabalho que eu vi recentemente e acho que deve ser bem recente, pois ainda não consegui descobrir muita coisa sobre ele. É tão impactante que já está entre meus preferidos.

Os trabalhos do grupo de artistas Bliss Walls sempre chamam muito a minha atenção pela estética incrível e pela crítica social quase sempre presente. Essa “realidade do Brasil” fica na Avenida Rebouças, bem pertinho da Avenida Paulista.

Bliss Walls no Instagram

Bônus: Arte de Rua em São Paulo – Beco do Batman

São Paulo - Brasil - Arte de rua em São Paulo: os meus grafites favoritos pelas ruas de Sampa. Beco do Batman

Impossível falar de arte de rua em São Paulo e não mencionar o Beco do Batman! Trata-se de um espaço no charmoso bairro da Vila Madalena, que fica entre as ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque. Lá está uma coletânea de obras a céu aberto, que teve início na década de 1980, quando um desenho do homem-morcego dos quadrinhos da DC surgiu em um dos muros.

Desde então o beco passou a atrair vários artistas plásticos e as paredes se transformaram em uma verdadeira galeria de grafite e arte urbana. Uma coisa legal é que lá os desenhos são renovados constantemente e a comunidade ajuda a conservá-los.

A Vila Madalena é um bairro de muitas faces e que respira cultura. Arborizado, reúne os moradores tradicionais com suas grandes casas antigas e um público mais recente de artistas e intelectuais. Durante os anos 70 foi reduto de estudantes. Nos anos 80 começou a receber bares, galerias de arte e lojas de grife. Na década 90 tornou-se finalmente um dos locais mais “descolados” da cidade.

Que tal conhecer a Vila Madalena pedalando com bicicletas elétricas? O tour é gratuito!

⇒ Saiba mais: Pedalando pela Vila Madalena

E você? Quais seus grafites favoritos em São Paulo (ou na sua cidade)? Poste uma foto dele no Instagram usando a nossa hashtag #famíliaviagem. E aproveite e siga a gente lá no Instagram e nas demais redes sociais!

Siga o Família Viagem também no:

FACEBOOK INSTAGRAM PINTEREST TWITTER YOUTUBE G+

Aproveite pra deixar também seu comentário aqui no post sobre o que você acha do grafite pelas ruas da cidade. O que você acha dessa intervenção nos elementos urbanos?

Economize na sua viagem, aproveitando as ofertas dos nossos parceiros!

Reserve seu hotel ou hostel em São Paulo pelo Booking.com. Melhor preço garantido, sem taxa de reserva e a maioria das reservas podem ser canceladas sem custo.
Sinta-se em casa em São Paulo, reservando sua hospedagem pelo Airbnb. Aluguel de temporada com conforto e segurança. Utilizando o nosso link, ao se cadastrar e fazer sua primeira reserva, você ganha um crédito para sua próxima viagem.
Utilize o CABIFY ou o UBER pra se deslocar por São Paulo com segurança, rapidez e atendimento de qualidade. Utilizando o nosso link, após se cadastrar e completar a sua primeira viagem você receberá um credito para utilizar na sua próxima viagem.

Fazendo sua reserva pelos nossos parceiros, receberemos uma pequena comissão pela indicação, mas você não paga um centavo a mais por isso. Você tem a garantia das melhores ofertas e ainda ajuda a manter este blog (e terá a nossa eterna gratidão!) 😉

Projeto 8 on 8

Fomos convidados para participar de um projeto muito legal, o 8 on 8. Então todo mês vai ter um post aqui produzido especialmente para esse projeto.

Mas o que é o 8 on 8? É um projeto de blogagem, no qual todo dia 8 os blogs participantes postam sobre um tema único e o diferencial é que o post nasce de 8 fotografias selecionadas pelo blogueiro para desenvolver o tema. Legal, né?

O tema deste mês foi ELEMENTOS URBANOS e você não pode deixar de conferir os posts dos outros blogs do projeto:

Quarto de Viagem: 8 on 8 – Elementos Urbanos

Mulher casada viaja: 8 pontes pelo mundo

Diário de Polly: Elementos urbanos em Tbilisi

Curtiu a dica? Então salve o Pin!

São Paulo - Brasil - Arte de rua: um tour pelos nossos artistas favoritos e seus trabalhos pelas ruas da capital paulista. Grafites em Sampa.
São Paulo - Brasil - Arte de rua: um tour pelos nossos artistas favoritos e seus trabalhos pelas ruas da capital paulista. Grafites em Sampa.

45 Comentários

    • Obrigada Robba, que bom que gostou!E realmente o Kobra é tudo de bom, né? Foi um dos caras que abriu meus olhos para este tipo de arte… E tem muita gente boa! Cada vez descubro mais! Muita vontade de ver esse trabalho em Amsterdã, lindo demais!

  1. Adorei o post!!! Resumindo, existem grafites e grafites!! Tinha escrito um baita comentário antes aqui e ai na hora de publicar deu chabu e o comentário não foi :(Preciso ir a SP explorar um pouco so Street Art da cidade

  2. Belíssima seleção! Qualquer visita a São Paulo é mercada por estas intervenções, com tantas obras pela cidade que é difícil encontrar a mais marcante.A obra de Apolo Torres diz muito sobre nossa sociedade.

  3. Que post lindo… Isso é uma das coisas que eu mais sinto falta de SP, sabia? O meu favorito é o Niemeyer do COBRA na Paulista… trabalhei um ano num prédio que ficava de frente pra ele, a minha vista de todo dia era esse grafite! Também amo o beco do Batman 😉

    • Ter aquele Niemeyer como vista não é nada mal hein Gabriela? Também adoro, um dos melhores do Kobra! E ele foi muito criativo… Há cinco obras do arquiteto de forma meio “escondida” na pintura! Muito legal…

  4. São Paulo tem tantas caras… mas acho que a arte que melhor traduz e representa a cidade é o grafite. Eu adoro observar quando estou por lá e já vi alguns desses que você postou. Inclusive, o Ray Charles é meu favorito. 🙂 Que o grafite continue firme e forte pro lá!

  5. Que irado! Poderia passar vários dias em Sampa apenas fazendo um tour para admirar esses grafites. É bom perceber que esse tipo de arte vem se espalhando, bem melhor do que os “outros” tipos de grafite que rolam na capital. Abraço!

  6. São Paulo é tão grande e às vezes a gente acaba se aninhando em um canto dela e não explora tudo o que há por aí, além do fato de não ser natural fazer turismo para moradores, então você está de parabéns pela coleção que reuniu. Gosto particularmente do Kobra, que tem um estilo marcante, e acabo de seguir o perfil do Bliss Walls no IG, que ainda não conhecia e de que gostei muito. Obrigada por compartilhar!

    • Pois é Marcia… São Paulo tem muito potencial para explorações e passeios! É uma pena que muitos moradores não percebam isso… Eu adoro (re)descobrir Sampa! Apesar de ser moradora, eu tento enxergar a cidade como visitante, meio turista mesmo… E concordo com você: Kobra é fera! E tem muita gente boa por aí, por isso fiz esta seleção. Fico torcendo para que todos consigam o reconhecimento que merecem…

    • Olha Pedro, Sampa tem muita coisa bonita em relação à arte de rua sim! Artistas de primeira. E os trabalhos do Bliss Walls são mesmo fantásticos, vale a pena dar uma pesquisada, vai se surpreender com a beleza estética e também com a profundidade das propostas…

    • Que bom que gostou Luciana! E volte para ver mais… Mas vai precisar de mais mil viagens para cá para ver toda a arte de rua que temos… E felizmente sempre surgem novas obras!

  7. Acho uma pena um artista como o Tec ter que vender seus bens para poder embelezar a cidade com uma obra tão bonita. Se eu fosse prefeita, sem dúvidas destinaria muito dinheiro para estas pinturas tão lindas. Bela BC. Parabéns por contar detalhes das pinturas, gostei de saber.

    • Pois é Tati… Tanto artista bom e tão pouco incentivo… E o do Melin que quase foi apagado por não ter a grana do alugue!!! Absurdos… Mas felizmente eles não desanimam e nos brindam com lindas obras. Sempre desejando sucesso para eles…

Queremos saber o que você achou deste post! Deixe sua opinião, relato, dúvida ou bronca aqui!