Museu de Arte Sacra de São Paulo

32
580
Fachada do Museu de Arte Sacra de São Paulo

O Museu de Arte Sacra de São Paulo possui um dos mais representativos acervos desse tipo de arte no Brasil.

Visitar o Museu de Arte Sacra é uma delícia! Enquanto percorremos os espaços conferindo a riqueza artística e cultural dos objetos expostos, aproveitamos a atmosfera serena daquele lugar, que conta ainda com um lindo jardim interno. Um oásis no meio da turbulenta região central de São Paulo.

Jardim do Museu de Arte Sacra de São Paulo

A história do Museu de Arte Sacra

Criado em 1970, O Museu de Arte Sacra de São Paulo ocupa uma das alas laterais do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz.

O seu acervo começou a ser formado por Dom Duarte Leopoldo e Silva, primeiro arcebispo de São Paulo, que passou a recolher as imagens sacras das igrejas e pequenas capelas de fazendas que estavam sendo demolidas após a proclamação da República.

Conjunto arquitetônico do Museu de Arte Sacra de São Paulo

O acervo

As peças do acervo do Museu de Arte Sacra incluem pinturas, esculturas, pratarias e ourivesaria religiosas, mobiliário, altares, vestimentas sacras, lampadários e livros litúrgicos raros. Além da exposição permanente do acervo, o espaço também realiza exposições temporárias, promove pesquisas, organiza eventos culturais e oferece cursos sobre arte sacra e história da arte. Vale a pena ficar de olho na programação!

Acervo do Museu de Arte Sacra de São Paulo

Peça do acervo do Museu de Arte Sacra de São Paulo Pintura do acervo do Museu de Arte Sacra de São Paulo

Peças do acervo do Museu de Arte Sacra de São Paulo Acervo permanente do Museu de Arte Sacra de São Paulo

Parte do acervo do Museu de Arte Sacra de São Paulo

O mosteiro

O Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz é considerado a principal obra colonial de São Paulo do século XVIII. Ele foi planejado pelo frei Antônio de Sant’Anna Galvão como um local para o recolhimento das Irmãs Concepcionistas dessa ordem.

Durante sua construção, além dos taipeiros e dos escravos emprestados pelas famílias das freiras, Frei Galvão literalmente colocou a mão na massa e convidou as irmãs para que fizessem o mesmo. Ele também fez várias viagens para o interior do Estado para arrecadar fundos para a obra.

Fachada do Museu de Arte Sacra de São Paulo

Dada a sua importância, esse conjunto arquitetônico foi tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e também declarado pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Além do Museu de Arte Sacra de São Paulo, o espaço reúne hoje uma igreja, o convento que abriga as religiosas, o túmulo de Frei Galvão e o memorial em sua homenagem e a sala de exposição do Presépio Napolitano (a antiga Casa do Capelão).

Igreja no conjunto arquitetônico do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz onde está localizado o Museu de Arte Sacra de São Paulo

Igreja no conjunto arquitetônico do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz onde está localizado o Museu de Arte Sacra de São Paulo

O Presépio Napolitano

Trazido da Itália em 1949 por Francisco Matarazzo Sobrinho (o Ciccilo), o Presépio Napolitano é um conjunto de cerca de 1.600 peças do século XVIII que representa uma vila napolitana setecentista, com diversos profissionais urbanos (como ferreiro, sapateiro, barbeiro e verdureiro, entre outros), pastores, homens do campo, além de objetos, utensílios e móveis.

A cenografia ocupa um espaço de 110 m² e originalmente foi exposto na Galeria Prestes Maia, onde ficou por quase um ano. Depois disso foi recolhido e passou cinco anos guardado na Metalúrgica Matarazzo. Em 1956, o conjunto transferido para o antigo Pavilhão do Folclore do Parque do Ibirapuera, onde permaneceu até 1985, seguindo então para Mosteiro da Luz, sendo novamente aberto à exposição pública a partir de 1999.

Presépio Napolitano do Museu de Arte Sacra de São Paulo Presépio Napolitano do Museu de Arte Sacra de São Paulo Presépio Napolitano do Museu de Arte Sacra de São Paulo

Os profetas de Aleijadinho

Mais um atrativo do complexo é o conjunto de quatro réplicas dos famosos profetas do mestre Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, cujas obras originais se encontram no Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas (MG). São eles Abdias, Ezequiel, Isaías e Joel.

rofetas de aleijadinho no Museu de Arte Sacra de São Paulo

Profetas de aleijadinho no Museu de Arte Sacra de São Paulo

Nascido em 1730 em Ouro Preto, Aleijadinho era escultor, entalhador e arquiteto e recebeu o apelido devido a uma grave doença que deformou o seu rosto e o fez perder os dedos dos pés e também alguns dedos das mãos. É um dos principais artistas da arte colonial no Brasil.

Curtindo as dicas? Dê um Pin e guarde esse post!

O Museu de Arte Sacra de São Paulo reúne pinturas, esculturas, relíquias e tem o maior acervo do gênero no Brasil. Foi declarado Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Mais informações

Site oficial: Museu de Arte Sacra de São Paulo

Telefone: (11) 3326-3336

Endereço: Avenida Tiradentes, 676

Estação do Metrô mais próxima: Estação Tiradentes

Estacionamento gratuito: Rua Dr. Jorge Miranda, 43. Oferece bicicletário e vagas exclusivas para idosos e deficientes.

Horário: De terça a domingo, das 9h às 17h. Fecha às segundas.

Ingresso: R$ 6 (gratuito aos sábados). Isentos: idosos acima de 60 anos e crianças até 7 anos.

Todas as informações são referentes à data da publicação deste post. Recomendamos sempre consultar junto ao estabelecimento e/ou serviço se houve alguma alteração.

Mais São Paulo:

Tour gratuito e guiado de bicicleta pelo Centro Novo de São Paulo

Praça da Sé e Catedral Metropolitana de São Paulo

 Pateo do Collegio, berço da cidade de São Paulo

Economize na sua viagem, aproveitando as ofertas dos nossos parceiros!

Reserve seu hotel ou hostel em São Paulo pelo Booking.com. Melhor preço garantido, sem taxa de reserva e a maioria das reservas podem ser canceladas sem custo.
Sinta-se em casa em São Paulo, reservando sua hospedagem pelo Airbnb. Aluguel de temporada com conforto e segurança. Utilizando o nosso link, ao se cadastrar e fazer sua primeira reserva, você ganha um crédito para sua próxima viagem.
Utilize o UBER pra se deslocar por São Paulo com segurança, rapidez e atendimento de qualidade. Utilizando o nosso link, após se cadastrar e completar a sua primeira viagem você receberá um credito para utilizar na sua próxima viagem.

Fazendo sua reserva pelos nossos parceiros, receberemos uma pequena comissão pela indicação, mas você não paga um centavo a mais por isso. Você tem a garantia das melhores ofertas e ainda ajuda a manter este blog (e terá a nossa eterna gratidão!) 😉

Não esqueça de seguir o Família Viagem nas redes sociais:

FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | PINTEREST | SNAPCHAT

32 Comentários

  1. Muito show! Post completíssima e muito interessante. Engraçado (e triste) saber que São Paulo tem tantos museus e tantas coisas históricas e que geralmente a maioria das pessoas não dá o mesmo valor que dá para outros museus fora do país…

    • Obrigada NiKi… E concordo com você! Temos ótimos museus e muitos deles são desconhecidos oh pouco valorizados… Estamos sempre descobrindo estes lugares especiais de Sampa!

  2. Que bacana o Museu de Arte Sacra de São Paulo, acho o museu um dos lugares mais fascinantes de se conhecer, pois no museu conta a nossa história. Muito bonito ele, quem mora aí em São Paulo não pode deixar de visitar esse lugar magnifico, fiquei fascinada por tudo que vi, bjs.

  3. Amo o centro de São Paulo, mas apesar de conhecer esses lugares que você mencionou, nunca entrei em nenhum 🙁 em uma próxima visita a SP não vou perder essa oportunidade. Adorei o post, as fotos e dicas!

    • Fernanda, o Centrão de Sampa é lindo! E nos oferece vários atrativos… Apesar de estar meio largado, sempre nos surpreende com ótimos passeios!

    • Obrigada Leo! Procuro mostrar os lugares clássicos, mas também alguns menos visados pelos turistas. Sampa tem muita coisa boa e eu sempre (re)descobrindo a cidade… Adoro compartilhar os achados!

  4. Eu passo longe de ser uma pessoa religiosa, mas gosto muito de visitar igrejas. Logo reconheci as réplicas dos profetas de Aleijadinho porque estive em Congonhas 3 dias atrás. Quando estiver em São Paulo, seguirei a sua sugestão e visitarei o Museu de Arte Sacra.

    • Concordo com você Gisele, há igrejas fantásticas! Também adoro visitar e minhas motivações são mais históricas, artísticas, culturais e arquitetônicas que religiosas…Ah! É também já visitei Congonhas… Impressionante o conjunto arquitetônico de lá, né?

  5. Muito interessante o post! Fui a São Paulo só quando era muito pequena, e não lembro de quase nada da cidade. Gosto de visitar os museus das cidades!
    Os profetas de Aleijadinho eu conheci os originais em uma viagem rápida que fiz a Congonhas.

    • Obrigada! São Paulo tem muitos encantos Paola e em termos de museus está bem servida! Também conheci os profetas originais lá em Congonhas… Coisa linda, não? Fiquei impressionada!

Queremos saber o que você achou deste post! Deixe sua opinião, relato, dúvida ou bronca aqui!