Pedalando pelo Parque do Ibirapuera – Bike Tour SP

5
793
bike tour sp rota parque do ibirapuera

O Parque do Ibirapuera é sem dúvida o mais famoso de São Paulo. É o “queridinho” da população e também dos turistas. Apesar de não ser o meu favorito para os passeios de fim de semana, não posso negar que realmente conhecê-lo é obrigatório.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

O Parque do Ibirapuera

Inaugurado em 21 de agosto de 1954 como parte das comemorações do quarto centenário de São Paulo, o parque oferece motivos de sobra para frequentá-lo: muito verde, áreas de lazer, ciclovia, pista de cooper, infraestrutura para a prática de esportes, museus, auditórios e centros de exposições… Em apenas uma visita é impossível conhecer tudo!

Andar de bicicleta por lá é uma grande diversão e quando vimos a possibilidade de fazer isso em um tour guiado achamos a proposta interessante. Pedalar, fotografar e saber um pouco mais da história dos atrativos do parque. Isso foi possível pelo projeto Bike Tour SP, que já apresentamos em outro post, mas dou um resuminho aqui.

 

O Bike Tour SP

O Bike Tour SP é um passeio gratuito de bicicleta, monitorado e com o auxílio de um aparelho de áudio para a apresentação de informações e curiosidades sobre os pontos turísticos visitados. Atualmente são sete percursos e nós fizemos o “test drive” de todos e estamos compartilhando estas experiências aqui no blog.

 

 

bike tour sp rota parque do ibirapuera

 

Bike Tour SP – Rota Parque do Ibirapuera

Bóra então pedalar pelo Parque do Ibirapuera?

bike tour sp rota parque do ibirapuera
Crédito Foto: Bike Tour SP /divulgação

Escolhemos o primeiro horário, às 9h da manhã de um sabadão ensolarado e com temperatura agradável. O encontro foi em frente à antiga administração do parque, na Praça do Leão. Aliás, a primeira descoberta. Já havíamos passado por ali várias vezes e nunca prestamos atenção…

bike tour sp rota parque do ibirapuera

As bikes

As bicicletas estavam bem conservadas e são confortáveis. Nestas não há bolsinho para guardar a máquina ou pequenos pertences, então levar uma mochilinha ajuda.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

O roteiro

Partimos em direção a uma das saídas do parque, que dá acesso à passarela Ciccillo Matarazzo. A estrutura passa por cima da Avenida 23 de maio e liga o parque ao Museu de Arte Contemporânea (MAC), instalado desde 2012 no imponente edifício projetado por Oscar Niemeyer, onde já funcionou o Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Visitação gratuita.

bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera

Voltamos para o parque e passamos pelo Pavilhão Ciccillo Matarazzo, sede da Fundação Bienal, também projetado por Oscar Niemeyer. É um espaço onde ocorrem eventos ligados às artes em geral, moda, design, tecnologia, turismo, esportes e gastronomia, entre outros.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

Logo ao lado fica o Museu de Arte Moderna (MAM), um edifício adaptado por Lina Bo Bardi e que abriga salas de exposições, ateliê, biblioteca e auditório. Na lateral do museu destaca-se um mural dos grafiteiros OSGEMEOS e na entrada a famosa escultura “Aranha”, de Louise Bourgeois. Visitação paga.

bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera

O museu também se integra ao Jardim das Esculturas, projetado por Roberto Burle Marx para abrigar obras do acervo. Espaço aberto ao público.

bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera

De lá avistamos a Marquise do Ibirapuera, que é o núcleo central do parque, uma imensa estrutura coberta e de formato irregular, onde se concentram muitas pessoas com seus skates, patins, patinetes e bicicletas. Lá destaco os lindos grafites do Eduardo Kobra, infelizmente em péssimo estado de conservação!

bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera

O passeio seguiu para a Oca, que hoje funciona como um dos espaços expositivos do Museu da Cidade, mas que já abrigou o Museu da Aeronáutica e o Museu do Folclore.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

Música? Sim, no parque há um espaço muito especial para eventos desta arte, o Auditório Ibirapuera. Também obra de Oscar Niemeyer, o prédio foi previsto no projeto original do parque, mas só foi executado entre os anos de 2003 e 2004.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

Mais algumas pedaladas e paramos para observar (de longe) o Obelisco Mausoléu aos Heróis de 32, que fica em uma área externa ao parque. Símbolo da Revolução Constitucionalista de 1932, o monumento é o mais alto da cidade e foi projetado pelo escultor ítalo-brasileiro Galileo Ugo Emendabili. Lá estão os corpos dos quatro estudantes mortos durante a revolução (Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo, o M.M.D.C.) e também de outros 713 ex-combatentes, entre eles o poeta Guilherme de Almeida e Paulo Virgínio, considerado um mártir do movimento. Visitação gratuita.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

Na sequência passamos em frente ao Museu Afro Brasil, que conta com um acervo com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos desde o século XVIII até os dias de hoje. Realiza exposições temporárias e dispõe de um auditório e de uma biblioteca especializada. Visitação paga.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

Seguimos para o lago, onde paramos para observar (bem de longe) o Monumento às Bandeiras, obra de arte de Victor Brecheret localizada na entrada do parque. Com 50 metros de comprimento e 16 dezesseis de altura, em sua estrutura foram usados 240 blocos de granito, cada um pesando aproximadamente 50 toneladas. Conhecido popularmente como “Empurra-empurra”, o monumento representa os bandeirantes, expondo suas diversas etnias e o esforço para desbravar o país.

bike tour sp rota parque do ibirapuera bike tour sp rota parque do ibirapuera

A parada seguinte foi no Planetário Aristóteles Orsini, o primeiro do Brasil (1957). O espaço ficou fechado por muito tempo, mas felizmente foi reaberto para visitação (gratuita) recentemente.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

Um pouco mais adiante descobrimos um recanto de paz e tranquilidade no meio do parque. Presente da colônia japonesa na cidade, o Pavilhão Japonês é uma réplica do Palácio Katsura, antiga residência de verão do imperador. Além de um belo jardim repleto de plantas e árvores ornamentais e um lago de carpas, o espaço divulga a cultura japonesa com exposição de peças de cerâmicas, trajes de guerreiros e outros objetos típicos dessa cultura tão rica e tão presente em São Paulo. Visitação paga.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

Enfim chegamos ao fim do tour, em um local “clássico” do parque: a ponte sobre o Lago das Garças.

bike tour sp rota parque do ibirapuera
Crédito Foto: Bike Tour SP /divulgação

 

Considerações finais: Foi um passeio de pedaladas curtas, pois são feitas muitas paradas para a apresentação dos inúmeros atrativos do parque. No entanto apenas passamos em frente aos lugares e recebemos as informações sobre as visitas. Assim, serve de “aperitivo” para explorar o parque com mais calma, o que certamente demandará várias visitas.

bike tour sp rota parque do ibirapuera

Serviço:

Site oficial: Bike Tour SP: Rota Parque do Ibirapuera

Horário: Sábados, com cinco saídas: 9h, 10h30, 12h, 13h30 e 15h. *

Roteiro:

– Com partida e chegada na antiga administração do parque, na praça do Leão. Portão mais próximo: número 4.

  • Passarela Ciccilo Matarazzo
  • MAC
  • A Bienal e o MAM
  • Marquise do Ibirapuera
  • Jardim das Esculturas
  • Oca
  • Auditório Ibirapuera
  • Obelisco
  • Museu Afro Brasil
  • Lago e Monumento às Bandeiras
  • Planetário
  • Pavilhão Japonês
  • Ponte sobre o Lago das Garças

 

*Recomendamos sempre consultar o site oficial para confirmar as informações, pois podem ocorrer alterações após a publicação deste post.

5 Comentários

  1. Acredita que eu não conheço o Ibirapuera?
    Adorei a sugestão de passeio. Aqui em Porto Alegre, tem um Walk Tour que é super bacana e funciona nos mesmos moldes. Nós adoramos.
    Vou tentar encaixar esse passeio em uma próxima ida a a SP.

    Beijos,
    Fran @ViagensqueSonhamos

    • Faça mesmo Fran, vale a pena! Adoramos todas as rotas, cada uma com seu atrativo. E mesmo sendo paulistana, descobri que conheço pouco o Ibirapuera quando fiz este tour… Não é o parque que mais frequento, mas depois desse passeio já voltei lá para redescobri-lo! Muita coisa para fazer mesmo, delícia!

Queremos saber o que você achou deste post! Deixe sua opinião, relato, dúvida ou bronca aqui!