De Londres a Amsterdam a bordo da superferry Stena Hollandica

64
19835

 

ferries-direct-to-holland
Crédito da foto: Stena Line (divulgação)

Quando fui pesquisar a melhor maneira de ir de Londres para Amsterdam, me deparei com uma opção bem interessante: o pacote Rail & Sail – Dutchflyer, da Stena Line que oferecia um excelente custo X beneficio.

O pacote Rail & sail – Dutchflyer (noturno) inclui:

  • 1 bilhete de trem de qualquer estação da Greater Anglia na Inglaterra  para o porto internacional de Harwich (UK)
  • 1 cabine a bordo do superferry Stena Hollandica para a travessia Harwich-Hook of Holland com banheiro completo e internet wifi liberada
  • 1 bilhete de trem do porto Hook of Holland para qualquer estação da NS na Holanda

 

A empresa oferece este pacote em dois horários: um diurno e um noturno e aí vem o pulo do gato – pra esse pacote ser realmente vantajoso deve-se optar pelo noturno, porque na opção noturna você tem boa parte do dia livre em Londres para passeio, economiza uma noite de hotel, já que passa a bordo acomodado em uma cabine e chega em Amsterdam ainda na parte da manhã,  descansado e tem o resto do dia livre pra passear. A saída de Londres é às 19:31 e chega-se em Amsterdam às 10:01 do dia seguinte.

No nosso caso custou um total de 158 libras (dezembro/2013), para o casal, em cabine interna, com buffet de café da manhã. Mas o preço varia ao longo do ano, podendo custar bem menos.

Quem quiser ir durante o dia terá o benefício de uma tarifa bem mais em conta, já que a reserva de cabine para descanso não é obrigatório, mas mesmo com o preço menor não compensa,  porque perde-se o dia todo já que a saida de Londres é as 6:38 e só chega em Amsterdam às 19:01.

Vou destrinchar pra vocês cada um dos três trechos e depois eu falo sobre o processo de reserva que é super tranquilo. Uma coisa que já adianto é que enviam pra sua casa no Brasil todos os bilhetes que você vai precisar.

Quem for fazer o caminho inverso Amsterdam para Londres, saiba que a empresa também opera a linha no sentido inverso, nos mesmos moldes, mudando apenas os horários.

UPDATE: Para reservar o trecho inverso (Amsterdã-Londres), leia este post: Passo a passo: como reservar o pacote trem + ferry de Amsterdã para Londres

 

Trecho I: Trem de Londres para o Porto Harwich International

Aqui vou abrir um parenteses pra dizer que você não precisa necessariamente partir de Londres. O bilhete é válido para partida de qualquer estação na Inglaterra onde a empresa Greater Anglia opere linhas para Harwich International. Algumas das principais opções são: London Liverpool Street, Ipswich, Colchester, Norwich e Cambridge.

 

Como nós estávamos em Londres fomos pra estação Liverpool Street e chegamos lá com uma hora de antecedência. Foi bom pra não ter correria, mas lá não tem muito luxo… Alguns fast foods, Starbucks e uns banquinhos disputados pra aguardar o trem. Não tem wifi liberado na estação (pelo menos eu não achei, nem mesmo na Starbucks).

Uma dica pra quem precisar guardar as malas no dia do embarque é usar o guarda malas que existe na própria estação. O serviço é pago e em dezembro de 2013 custava 9 libras por volume (para o período de 24 horas). O guarda malas fica na plataforma 10 e funciona diariamente das 7:00 às 23:00. Nós não testamos o serviço porque o nosso hotel em Londres guardava as malas sem custo após o check out.

Guarda malas na estação Liverpool Street.
Guarda malas na estação Liverpool Street.

Não se assuste se você chegar e não encontrar o seu trem listado no painel. Eles só anunciam a plataforma com no máximo 15 minutos de antecedência. Não tem uma plataforma pré definida, por isso é ficar atento ao painel de horários e assim que anunciar seguir para a plataforma e embarcar.

Pra quem optar pelo noturno a partida da estação Liverpool Street é as 19:32. Não marque bobeira porque o trem sai pontualmente no horário.

A bordo do trem não tem lugar marcado. É chegar, escolher e sentar, mas tenha sempre o seu bilhete com você porque o fiscal pode passar conferindo  (no nosso caso não passou).

Aqui abro mais um parenteses pra dizer o que já é meio regrinha numa viagem pela Europa, e principalmente para quem vai usar trens: pouca bagagem. No máximo uma mala de tamanho médio e uma mochila por pessoa é o ideal. Não precisa acreditar em mim, vai pelo gurú de viagens Ricardo Freire.

Um dos motivos é que é muito chato ficar arrastando mala pra cima e pra baixo e o outro é que os trens não despacham malas. Você vai levá-las consigo a bordo e o espaço pra malas costuma ser reduzido. No caso desse era um rack sobre os assentos que cabia no máximo uma mala média. Na próxima foto você consegue ver o rack de malas sobre os assentos.

Trem Greater Anglia que faz a linha Londres - Harwich
Trem Greater Anglia que faz a linha Londres – Harwich

Aqui uma dica que vale para a maioria dos trens, ônibus, trams (bondes) e metrôs na Europa: Se você quiser embarcar ou desembarcar e a porta estiver fechada, procure pelo botão de abertura da porta e pressione. Em muitos desses meios de transporte a porta não abre automaticamente, ela precisa ser acionada pelo passageiro, então se você chegar na plataforma e seu trem estiver lá parado, mas a porta fechada, basta apertar o botão e as portas se abrirão pra você embarcar.

Na foto abaixo você consegue ver o botão amarelo pra abertura da porta pelo lado externo desse trem que parte pro porto de Harwich. E na foto seguinte veja no canto direito os botões amarelos para abertura e fechamento da porta pelo lado interno.

Bastante comum nos trens europeus, olha ai o botão pra abertura da porta.
Bastante comum nos trens europeus, olha ai o botão pra abertura da porta.

 

 

A bordo do trem. Conseguem ver ali em cima no canto o espaço pra malas?
A bordo do trem. Conseguem ver ali em cima no canto o espaço pra malas?

O percurso tem paradas, não segue direto pra Harwich, mas ainda assim a viagem é agradável e rápida. A previsão de chegada em Harwich é 20:54 e no nosso caso foi bem pontual.

 

Trecho II: a bordo da Superferry

Não tem como se perder... saiu do trem, já está no embarque pra o navio
Não tem como se perder… saiu do trem, já está no embarque pra o navio

Chegando na estação final você já vai estar no porto, dalí não tem muito o que se preocupar. É só seguir a massa, porque todos com certeza naquele horário vão embarcar no mesmo barco que você.

Aqui fica mais uma dica: Se não quiser pagar pelo pacote de jantar, ou comprar um lanche a bordo do navio (falo mais sobre as opções daqui a pouco), traga já o seu lanchinho de Londres, porque aqui neste porto você não vai encontrar nada aberto a noite. No máximo uma máquina de refrigerante e olhe lá.

A noite o terminal de embarque é bem deserto. Tudo fechado... A única movimentação é a do pessoal que veio com você no trem...
A noite o terminal de embarque é bem deserto. Tudo fechado… A única movimentação é a do pessoal que veio com você no trem…

A superferry só parte às 23:15, mas a partir do momento que você desembarcar do trem já está liberado pra embarcar.

O nosso embarque foi bem rapidinho. Uns 10 minutinhos de fila e já recebemos o cartão-chave da nossa cabine. Eles trocaram o bilhete de trem holandes que eu havia recebido pelo correio por outro, mas não sei se isso é padrão. Sempre mostre o seu bilhete de trem do trecho holandês no embarque na balsa.

Antes passamos por um controle de segurança, mas nem fomos parados. O rapaz na nossa frente foi convidado a passar a sua malona na máquina de raio X. Não sei qual o critério, já que estávamos com mais bagagem (em volumes)  que ele. Mas a mala dele era bem grandona. No site da empresa as únicas restrições são quanto a armas de fogo e explosivos ou inflamáveis.  Nada daquelas bobeiras de não poder cortador de unha, canivete de cutícula ou produtos liquidos, etc…

Lembra que eu falei pra não carregar muita mala? Pois é… aqui outros três motivos: 1) a rampa de acesso ao navio é eterna… pensa num corredor que faz voltas e voltas e não acaba nunca… 2) no navio você vai ter que utilizar das escadas ou esperar muito por um elevador desocupado nos horários de pico (embarque/desembarque) e 3) a cabine é pequena e você vai ter que acomodar as malas lá, porque não tem despacho de bagagens.

A Stena Hollandica (a “nossa” superferry) é imensa!

 

Mapa da superferry
Mapa da superferry

A bordo dessa super ferry você encontra vários tipos de cabines e opções de gastronomia e entretenimento variados. Falei mais sobre a estrutura a bordo desta superferry neste post: Como é a superferry que faz a travessia entre Inglaterra e Holanda

A nossa cabine era 2-berth inside cabin, ou seja dupla interna (sem janela). Tinha um beliche bastante confortável, TV (nem assistimos, então não sei falar sobre a variedade de canais, mas lembro do meu marido ter zapeado rapidamente e tinham vários em inglês), mesinha lateral, sofá, espelho, cabides, banheiro com reservado, pia e chuveiro (ótima pressão e temperatura da água).

 

beliche confortável
beliche confortável

 

banheiro
banheiro

A bordo existe uma variedade imensa de cabines, inclusive cabine luxo, para pessoas com necessidades especiais e cabine familia que comporta até 4 adultos e 1 criança.

Agora uma informação MEGA IMPORTANTE: Durante a noite você vai cruzar uma Time Zone, na prática isso significa que na Holanda é uma hora A MAIS que no UK.

Assim, todos os horários do “dia seguinte”: despertar, café da manhã, desembarque, trens, etc já são pelo horário holandês, então antes de dormir, lembre-se de ajustar o seu relógio ou celular MANUALMENTE para UMA HORA A MAIS. Sempre recomendo desligar a opção de reajuste automático do celular para evitar algum engano e perder o horário.

 

A superferry tem bares, um café e um restaurante principal, onde acabamos jantando e tomando o café da manhã.

Restaurante
Restaurante

Para o jantar, preferimos não comprar o buffet e pelo jantar avulso “express”. Pedi uma sopa de frango com legumes (acompanhava um pãozinho e manteiga)  e meu marido um x burguer com fritas. Com os dois refris e um pudim de chocolate saiu por cerca de 25 euros (não anotei o preço exato). O restaurante fica aberto para o jantar das 22:00 até à 1:00.

Meu jantar
Meu jantar

Quando fizemos a reserva já tinhamos adquirido o pacote de café da manhã. O buffet é bastante farto: sucos, frutas, iogurtes, cereais, pães, panquecas, pratos quentes (na maioria aquelas coisas gordurosas que americano ama), café, chá e leite. O café da manhã é servido  das 6:30 às 8:00.

Café da manhã farto
Café da manhã farto

Desembarque – O desembarque começa às 7:45. Aqui a coisa fica meio concorrida, já que pra descer do piso principal até o piso de desembarque tem que usar o elevador. Isso mesmo, “o” elevador (é um só!!!). Calculem a fila que se forma… Isso num corredor bem estreito… Então algumas dicas que valem ouro pra facilitar o seu desembarque:

  • O despertar: às 6:30 toca um aviso de despertar, em todas as cabines,  pelo sistema de som. A maioria espera por esse aviso, por isso, se programar para acordar 15 minutinhos antes faz toda a diferença pra te deixar na frente na fila do desembarque. Se for tomar o seu banho pela manhã acorde bem antes. O importante é você se programar pra sair da tua cabine momentos antes do despertar geral.
  • Café da manhã: Eu super recomendo tomar café a bordo, porque você ainda tem uma etapa de trem pela frente até Amsterdam e até chegar lá não tem mais tempo/onde se alimentar. Seja um lanche rápido ou o buffet, programe-se pra chegar no restaurante antes da “massa”. O restaurante é bem grande, mas mesmo assim costuma lotar e começando antes você pega o buffet bem abastecido, come sem pressa e termina antes. Aqui vale chegar antes e fazer como a maioria: já desça pro café com sua malinha e todos os seus pertences (tá vendo aí outra vantagem de viajar leve?). Se você terminar o café e ainda for voltar pra sua cabine pra buscar mala, pode ter certeza que quando voltar a fila de desembarque já vai estar enorme…
  • Fila: Terminou o café e já está com a sua mala? Fila! Sem paradinhas… esqueça lojinha, cassino, fotos ou qualquer outra coisa que você não tenha feito durante a noite… direto para a fila. Saindo do refeitório já tem a indicação da direção. Plante-se na fila e aguarde. Espere mais alguns minutos e  você vai entender o porquê da recomendação quando olhar pra frente e avistar um só elevador e olhar pra trás e encontrar centenas de pessoas na fila. Ok! Agora pode me agradecer! De nada!

Imigração: Saindo do navio tem o controle de passaportes, que é super rapidinho (quando fui eram duas filas e nem fizeram pergunta, só olharam o passaporte e deram um bem vindos!).

 

Trecho III: Trem de Hook of Holland – Hoek Van Holland até Amsterdam

Aqui estou ensinando o caminho até Amsterdam, mas o bilhete de trem vale para qualquer estação de trem servido pela companhia NS, então se for para outra cidade na Holanda, se informe como chegar até lá e se o bilhete que você recebeu é válido (provavelmente é).

Saindo do navio, você vai ver que o terminal é bem pequeno. Siga até o meio do terminal, onde tem o balcão de informações. Parando em frente ao balcão, fique de costas pra ele e você verá uma porta de vidro à sua esquerda e outra a sua frente. A que você quer é esta que estará à sua frente. Saindo por ela você verá logo a frente a plataforma de trens. Provavelmente já terá um trem parado nela (aqui atenção porque o trem pode estar lá pro fundo da plataforma, já que ele é bem curto e a plataforma bem longa). Quando eu fui o trem estava parado na ponta esquerda da plataforma (plataforma 2). Verifique se é o trem com destino a Rotterdam Centraal.

Saida Hook of Holland
Saida Hook of Holland ( tal balcão de informação tá lá no fundo… bem em frente)
Plataforma única na estação Hook of Holland
Plataforma  na estação Hook of Holland

Antes de embarcar você precisa procurar na plataforma uma máquina para validar o seu bilhete (totem amarelo), como o da foto abaixo. Basta colocar o seu bilhete ali e esperar o click que indica que ele foi validado. Pronto. O bilhete está válido para aquele dia e você não vai mais precisar fazer isso pelo resto do dia. Guarde bem seu bilhete caso haja fiscalização você precisará apresentá-lo ou estará sujeito a uma pesada multa.

Máquina para validar o bilhete de trem na Holanda
Máquina para validar o bilhete de trem na Holanda

Após validar o bilhete, embarque no trem e preste bastante atenção pra não se atrasar porque o trem sai rigorosamente no horário (às 8:26). O próximo trem pode demorar até meia hora.

Dentro do trem será basicamente o mesmo esquema com as bagagens: rack sobre o assento pra acomodar as bagagens, sem lugar marcado. Chegar, escolher e sentar.

Interior trem pra Rotterdam Centraal
Interior trem pra Rotterdam Centraal
rack para bagagens (trem para Rotterdam Centraal)
rack para bagagens (trem para Rotterdam Centraal)

O trem faz paradas. Preste atenção a elas. Você precisará trocar de trens na sétima parada (estação Schiedam Centrum, com previsão de chegada às 8:51).

Dentro do trem tem um luminoso que informa os horários atualizados de cada parada e também qual a próxima estação

Luminoso que informa as paradas e respectivos horários
Luminoso que informa as paradas e respectivos horários
Próxima parada: Schiedam Centrum. Aqui você troca de trens.
Próxima parada: Schiedam Centrum. Aqui você troca de trens.

Chegando na estação Schiedam Centrum, procure pelo trem com destino a Den Haag HS/Amsterdam Centraal. Quando fui era plataforma (spoor) 5 e saia as 8:57, então sebo nas canelas e corre pra plataforma, meu filho!! Mas se perder o trem não se desespere porque eles correm em intervalo de no máximo 15 minutinhos. Não precisa validar bilhete, basta ter o bilhete que você embarcou no primeiro trem à mão, caso passem conferindo.

Trem que faz o trecho Schiedam Centrum - Amsterdam Centraal
Trem que faz o trecho Schiedam Centrum – Amsterdam Centraal

Ao embarcar no trem procure a porta que dá acesso a cadeirantes, porque além de não enfrentar escadas você terá espaço pra encostar as suas malas, já que no andar superior não tem rack pra bagagens, como você pode ver na foto seguinte.

Interior do trem para Amsterdam Centraal
Interior do trem para Amsterdam Centraal

A estação Amsterdam Centraal será a oitava (e última) parada deste trem. Você pode acompanhar as chamadas para as paradas pela tv que tem no fundo do vagão.  A chegada em Amsterdam Centraal é prevista para 10:01 e no nosso caso foi bem fiel. Chegamos exatinho nesse horário.

A estação Amsterdam Centraal é um importante hub pro transporte público em Amsterdam, então de lá você com certeza pode pegar o tram (bonde) pro seu hotel.  Circular por Amsterdam usando os bondes é fácil, fácil e logo devo fazer um post aqui no blog explicando como circular pela cidade.

Antes de ir pro seu hotel eu recomendo uma passadinha no escritório de informações turísticas que tem em frente à estação (basta sair da estação e ir pra esquerda. Chegando onde tem um monte de pontos de bonde, o escritório estará em frente, do outro lado da rua). Ali você encontra mapas e guias da cidade, pode pedir informações sobre as linhas de bonde e comprar o IAmsterdam Card (cartão de benefícios turísticos que dá acesso a diversas atrações e ao transporte público). Vou falar mais sobre ele num post futuro.

 

Informações extras:

Idioma: holandês ou inglês. A bordo da balsa todos falam inglês, existem placas, menus e informações nos dois idiomas. Aliás durante todos os dias que estive em Amsterdam eu consegui me virar muito bem só com o inglês. Praticamente todo mundo fala inglês por lá.

Moeda: a bordo da superferry começa a valer o Euro. Todos os preços e pagamentos devem ser feitos nessa moeda.

Pet: permitido (com custo adicional para canil a bordo)

Internet: a bordo do superferry deveria ter wifi liberada, mas na noite quer viajei não funcionou na cabine. Ponto negativo, já que eu pretendia colocar os emails em dia…

Crianças: tem preço diferenciado para crianças até 12 anos.

Reservas: direto pelo site da Stena Line.  Eles enviam o comprovante por email e posteriormente por correio os bilhetes dos trens e e-ticket do cruzeiro, por isso é bom fazer a compra com no mínimo 40 dias de antecedência.

[UPDATE –  De acordo com o nosso leitor Renato Pires, a Stena Line não envia mais os bilhetes por correio. Obrigada pela atualização, Renato! Vai aqui o relato da experiência dele: “Olá fiz essa viagem e quero agradecer foi tudo como o descrito, exceto que eles não mandam mais a passagem pelo correio, no ato da compra 10/2014 já imprimi a passagem e cheguei com a folha impressa na estação liverpool street, só carimbaram e ja estava liberado para enrtar no trem, e só me entregaram o cartão para o trem na Holanda quando fui fazer o check in no navio, ali me passaram a passagem de trem e o cartão de acesso a cabine. Obrigado pelas informações essa sem duvida é a melhor opção entre as 2 cidades.”].

Para reservar de Amsterdã para Londres leia: Passo a passo: como reservar o pacote trem + ferry de Amsterdã para Londres

Conheça a estrutura a bordo da Stena Hollandica: Como é a superferry que faz a travessia entre Inglaterra e Holanda

64 Comentários

  1. Olá
    Em primeiro lugar, parabéns pelo blog; as informações sobre a viagem de navio da Inglaterra para Holanda foram bastante úteis. Restou uma dúvida: lembram se a cabine de vocês, no ferry, tinha frigobar? É porque meu marido é diabético e o frigobar é item indispensável.
    Caso você lembrem, ficarei muito agradecida. Já verifiquei todas as cabines, com tadução no google, e em nenhuma delas eu vi a descrição de frigobar. Em algums, falam de “água e suco de laranja”. Será este o caso de cabine com frigobar?
    Aguardo resposta, e desde já muito obrigada.
    Águida

    • Oi Águida!
      Obrigada por visitar o nosso blog!
      A nossa cabine não tinha frigobar. Pelo que pude ver no site da Stena a única cabine que tem o frigobar é a da categoria “Captain”.
      Uma alternativa caso você não consiga reservar a cabine Captain seria usar uma bolsa térmica pequena para acondicionar a insulina. Existe uma bolsa importada que usava pra minha avó que se chama MEDICOOL e que algumas lojas aqui no Brasil já vendem. Você pode fazer uma pesquisa na internet e ver quais lojas nacionais vendem (eu comprei no Extra) e ela funciona com uma bolsinhas de gelo em gel pra manter refrigerado. Tem uma geladeirinha de viagem também que se chama MEDICOOLER que dá pra ligar na energia elétrica (se não me engano é bivolt) e vem com fio pra ligar até no carro. Bem mais cara que a bolsa térmica, mas se vocês viajam sempre pode até compensar o investimento. Espero ter ajudado.

  2. Olá
    Muitíssimo obrigada. O blog de vocês foi extremamente útil, sem ele não teria nem descoberto o “ferry”. Muitíssimo obrigada por estas outras dicas, não conhecia. Conhecia somente os tabletes de gelo em gel.
    Obrigada
    Águida

  3. Si, amei o navio e adorei sua explicação, mais didática impossível!! Eu não sabia da existência desse navio, vou recomendar daqui pra frente!!

    • Que bom que você gostou Re! Só não vá com expectativas de que seja tipo um navio de cruzeiro, porque ele é bem mais simples. Tem uma estruturazinha de lazer, mas tudo no diminutivo e a viagem é tão curtinha se feita a noite que nem dá tempo de fazer muita coisa a não ser dormir mesmo… Mas eu gostei da alternativa. Sofri um pouco na parte dos trens porque contrariando o bom senso eu estava com malas grandonas… Fora isso achei bem interessante essa opção.Bjs!

  4. Olá, muito obrigado pelo post, está excelente. Vou viajar em julho de 2015 para Madrid, Barcelona, Paris, Londres e Amsterdam e estava em dúvidas sobre traslados na parte final da viagem, pois meu voo chega em Madrid e parte de Amsterdam para o Rio de Janeiro.

    Vou viajar com esposa e filha de 11 anos e estava na dúvida se de Barcelona ia para Paris ou Londres, e acho que a melhor opção é pegar o trem rápido de Barcelona para Paris, ficar na cidade, partir para Londres e depois seguir suas dicas para ir para Amsterdam.

  5. Olá fiz essa viagem e quero agradecer foi tudo como o descrito, exceto que eles não mandam mais a passagem pelo correio, no ato da compra 10/2014 já imprimi a passagem e cheguei com a folha impressa na estação liverpool street, só carimbaram e ja estava liberado para enrtar no trem, e só me entragaram o cartão para o trem na Holanda quando fui fazer o check in no navio, ali me passaram a passagem de trem e o cartão de acesso a cabine. Obrigado pelas informações essa sem duvida é a melhor opção entre as 2 cidades.

    • Olá Renato, eu fiz a compra pelo site e eu tenho a opção de imprimir um único papel com o número de reserva e código de barra. É apenas este papel o necessário para pegar os trens e embarcar no navio? Neste papel inclui essas informações, que acredito ser os dos trens, correto?

      Transfer

      LONDON (LIVERPOOL STREET) – HARWICH INTERNATIONAL

      Departs Thu 30/04/2015
      Passengers (including driver): 2 Adults
      Standard Class

      HOEK VAN HOLLAND – ANY DUTCH STATION

      Departs Fri 01/05/2015
      Passengers (including driver): 2 Adults
      Standard Class

    • Que bom que você gostou! O post ficou longo, mas a intenção era que fosse bem detalhado mesmo pra poder passar o máximo de dicas. Aproveite muito Amsterdã e Londres! Cidades incríveis!Um abraço!

  6. Simone, inspirada em suas dicas compramos o caminho contrário, para fazer Amsterdã a Londres. O e-ticket já chegou, mas tenho uma dúvida: está escrito que não é válido nos trens Intercity e para ir de Amsterdã até o porto, a opção é um trem destes. Escrevi um e-mail para eles e estou aguardando um retorno. Como eles não mandam mais os tickets, será que ainda vou ter que comprar o trecho até Hoek van Holland?

    • Carla eu vou ficar te devendo uma resposta precisa sobre isso, porque quando fiz a viagem fiz o caminho inverso do seu e eles enviavam os tickets por correio, então o email que recebi marcava assim: Hoek van Holland – Any Dutch Station, Rail e mais nada. Não tinha nada dizendo sobre restrições.
      Mas usando o meu “achometro”, eu acho que você não precisa se preocupar, porque a idéia básica do Dutchflyer é te levar de ponta a ponta, de ferry e trem, então não teria sentido não estar incluso o trem de Amsterdaam Centraal até o Hoek Van Holland.
      No email não tem nenhuma orientação de como você faz pra retirar os tickets de trem lá em Amsterdam?
      Vou ficar te devendo uma resposta exata, mas gostaria muito de saber o desenrolar pra poder atualizar aqui no post caso alguém mais passe por esta dúvida.
      Beijos e ótima viagem!

  7. Olá Simone,

    antes de tudo, muito bom seu trabalho no site! Parabéns!!! é show!!
    vou para Amsterdã em Abril/2015 e de lá vou para Londres. Pelo seu site descobri que existe a opção de ir de trem e barco saindo de Londres e chegando em Amsterdã mas não achei a opção inversa. Pegando carona no comentário da Carla, também não achei uma opção Amsterdã-Londres que inclua barco+trem. Sabe se tem como ir de trem/barco saindo de Amsterdã e chegando em Londres? O melhor mesmo é ir de avião?

    muito obrigado!

    abraços,
    Marco

  8. Simone, adorei o post, parabéns !! Farei esse percurso em junho deste ano e certamente suas informações vão me ajudar muito. Fiquei apenas com uma dúvida, saímos do ferry em Rotterdam, não é isso !? Pensei em ficar lá 1 dia e depois seguir para Amsterdan. É possível depois aproveitar o trem ou preciso comprar novos bilhetes !? Abraços !! Cris

    • Cristiane, na verdade você desembarca em Hoek van Holland que fica a cerca de 30 kms de Rotterdam. O ticket de trem é válido apenas para a data do desembarque no ferry, assim o que você poderia fazer seria usar o ticket para ir do porto até a cidade de Rotteram (o trem mencionado no post passa lá) e desembarcar em Rotterdam sem problemas. Porém para seguir viagem em data posterior para Amsterdam você teria que adquirir outro bilhete de trem.
      Se estiver desembarcando no ferry que chega de manhã, uma opção seria ir para Rotterdã, deixar as malas no guarda malas da estação (armário grande tem 90X60X40cm e custa uma média de 6 euros para periodo de 24 horas e tem que pagar com cartão de crédito – a maioria das estações grande tem ainda um guarda mala pra bagagens maiores, mas não sei te informar quanto custa), alugar uma bicicleta ali mesmo na estação e explorar a cidade durante o dia. No comecinho da noite você poderia embarcar para Amsterdã e como ainda seria a mesma data, você teoricamente pode utilizar o mesmo bilhete de trem, já que ele é válido para qualquer viagem dentro do roteiro original, na data do desembarque.

  9. Oi Simone!
    Estou querendo adquirir este pacote, será em agosto deste ano e estou querendo me antecipar Entrei no site que tu indicou para fazer uma simulação de valores e gostei bastante! Só não entendi sobre os tickets dos trens que fazem as ligações entre os portos e os centros das duas cidades! Pois na simulação que fiz não diz nada sobre se naquele valor estão incluídos estes tickes e quais os horários dos trens para os portos. Dá pra entender perfeitamente a questão dos valores de acordo com as escolhas de cabines, opções de refeições incluídas ou não e o numero de pessoas, mas fiquei na dúvida sobre os tickets dos trens.
    Se tiver como me orientar, fico grata!

    Obrigada!

  10. Oi Simone, vou te incomodar de novo, faz mais de uma mês atras que eu te perguntei sobre a compra do Rail and sail, então, faz mais de um mes que estou tentando comprar e sempre dá erro no site, por acaso tu sabe me dizer se sabe de algum erro que dá no site? Já tentei comprar com meu cartão, com o cartão do meu noivo, minha amiga que vai comigo já tentou no dela também, e sempre dá erros. Tudo que compramos para o nosso mochilão passa tranquilo, mas o navio sempre dá erro… Já tentei entrar em contato com a Stena Lines tbm mas eles nem respondem, só recebo mensagens automáticas depois de tentar fazer a compra perguntando pq não finalizei a compra…

    Sabes de algo?

    Abraço,

    Carine

    • Oi Carine,
      Não sei o que pode estar acontecendo. Quando viajei o meu cartão passou de primeira e não tive problemas. Conheço outras pessoas que também fizeram sem problemas. Qual o código de erro que está dando? Minhas sugestões seriam primeiro checar com a empresa de cartão de crédito se por acaso a transação não foi recusada por eles (no meu banco às vezes o anti fraude recusa algumas transações por motivos que eu nunca entendo, mas geralmente uma ligação resolve). Acho pouco provável, já que foram 3 cartões diferentes recusados, mas não custa tentar, né? Outra coisa que eu te aconselharia seria entrar em contato com a empresa por skype no telefone listado no site ou mensagem privada no twitter ou na pagina do Facebook deles e tentar um retorno pra ver se eles esclarecem o que pode estar acontecendo.

  11. Olá Simone!!
    Também adorei o seu post! Vai me ajudar muito pois farei o mesmo trajeto agora em Agosto. Estou apenas com uma dúvida, se puder me ajudar… Já realizei a compra e recebi por e-mail a reserva e informações que inclusive os trens estão incluso. Mas informaram apenas que precisa imprimir o e-mail e pronto. Este e-mail também servirá nas estações, quando for embarcar nos trens que são inclusos?
    Se puder me ajudar, agradeço muito!!!!

    • Liliane, obrigada pelo elogio! Ficamos muito felizes quando um post nosso ajuda alguém na programação da viagem!
      Quando eu fiz esta viagem, a Stena Line ainda mandava os bilhetes de trem pelos Correios, porém alguns meses atrás um leitor comentou que eles alteraram o procedimento e agora você imprime o email que eles enviam, apresenta na estação de trem em Londres, onde o email será carimbado e validada a passagem no trecho inglês. Ao embarcar na ferry, você receberá no check-in os tickets de trem para o trecho holandês (veja o comentário do leitor Renato – ele viajou alguns meses atrás e já estavam fazendo desta maneira). Abraços e curta muito a sua viagem!!

        • Sim, no email deve ter o nome do principal comprador, mas na descrição em algum lugar deve mencionar que são 4 tickets. Apenas confira se está marcado 4 e sendo assim pode ir tranquila. bjs e boa viagem!

  12. Simone. Iremos passar o Natal no norte da Inglaterra na cidade de Yarm, após claro, ter visitado Londres. Já fomos ano passado e queremos repetir a dose. Rail and Sail diz incluir trem de qualquer cidade até o porto de onde parte o barco. Isso está correto? Estarei numa cidade a 300km de Londres. Sabe me dizer como faço? Desde já obrigado

    Marcelo
    Porto Alegre RS

    • Oi Marcelo, pode ser sim de qualquer cidade, porém ter que ser uma cidade que seja atendida pela empresa de trem parceira Greater Anglia (https://www.abelliogreateranglia.co.uk/), o que não parece ser o caso de Yarm pelas minhas pesquisas. Assim, infelizmente não tem como você utilizar o trem direto de Yarm. As opções seriam você pesquisar a estação servida pela Greater Anglia mais próxima (nesse site que eu forneci aqui) e ver se consegue algum esquema de bater horários. De toda forma você precisará eu acho, passar por Londres, bem como precisará bancar parte da viagem por sua conta (seja até a estação mais próxima ou até Londres). Uma idéia poderia ser você pagar trecho de trem até Londres, ficar uns dois ou três dias visitando a cidade e depois partir de lá pra o porto.

  13. Show o blog. Me interessei pelo serviço de ferry. Simulei o Rail&sail, e não identifiquei a parte sobre os bilhetes de trem. Fiz a escolha do dia, da cabina e alimentação e depois o site remete para o checkout. Como escolher os bilhtes? Agradeço e valeu pelo blog.

    • Oi João, obrigada por visitar nosso blog! Pra reservar o Rail & Sail partindo da Inglaterra, baste você iniciar a reserva por este link: http://www.stenaline.co.uk/ferry-to-holland/rail-and-sail
      Depois escolha as estações que te interessam ao fazer a reserva. Antes de finalizar a reserva confira na barra lateral direita (Your booking) se no campo “Sailings & Fares” tem as informações das respectivas estações, do horário da balsa e se está escrito Rail & Sail. Se estiver lá. Tá certinho, com os trens inclusos. Abraços!

  14. Oi Simone,

    Estou planejando minha viagem desde abril e agora em março eu embarco. Seu site ajudou muito.
    O trecho Londres – AMS farei de ferry.
    A minha pergunta é a seguinte:

    O trem sai de Londres direto? ou tem troca?
    O da holanda você deixou claro que troca, agora o de Londres, não então assumo que não troca né?

    O ticket Rail e Sail eu saio do centro de Londres e chego no Centro de Amsterdan sem pagar mais nada de transporte?

    Obrigado.

    • Oi Nelson,
      Obrigada por prestigiar o nosso blog!
      Se você comprou o pacote Rail & sail, está garantido sair de Londres até Amsterdã sem precisar pagar mais nada.Iniciando na estação Liverpool Street, em Londres e terminando na estação Amsterdam Centraal, em Amsterdã.
      De Londres, o ponto de partida é a estação Liverpool de trem e o trem segue até o porto de Harwich, sem troca de trens. Ele faz paradas, mas é só não desembarcar em nenhuma até a estação final.
      Saindo do ferry na Holanda, você verá que a estação do trem fica anexa ao porto. Seu ticket te dá direito a ir PRA QUALQUER CIDADE HOLANDESA atendida pela empresa de trens NS. Amsterdã é uma delas. Pra ir pra Amsterdã você precisa sim trocar de trens na estação Schiedam Centrum (é só seguir o que eu coloquei no post que dá tudo certo).
      Boa viagem e se tiver mais alguma dúvida, escreva pra gente!
      Ah.. e não deixe de nos contar como foi a viagem (amamos fotos!!) Se for postar nas redes sociais marque com a #familiaviagem que nós te achamos!!
      Um abraço!!

  15. otimo post… So gostaria de saber onde voce cariba seu passaport, em londres mesmo o na chegada a hollanda? pq ano passado quando fiz londre paris de trem, o controle de passaport para paris foi em londres!

    • No meu caso cheguei em Londres de avião e tive o passaporte carimbado. fiquei alguns dias na cidade e depois é que fiz essa viagem pra Holanda. ao chegar na holanda o fiscal da imigração olhou o passaporte, mas não fez nenhuma pergunta e nem carimbou.

  16. SImone

    Obrigado pelas informações. Consegui realizar quase todas as reservas, exceto o trem de Hook of Holland até Amsterdam. Voce teria alguma dica? No site diz que não há horários!?!?!

    Grato antecipadamente.

    Pedro

    • Vc precisa reservar por este link: http://www.stenaline.co.uk/ferry-to-holland/rail-and-sail
      Entrando por aí não tem erro, basta escolher o dia e horário (diurno ou noturno) e ele já reserva ambos os trens e a balsa.
      quando fiz a reserva não precisei fazer mais nada e nem escolher horário de trem. O horário era único e já veio informado na confirmação de reserva.
      Somente pelo link acima é que você consegue comprar o combo.
      Se ainda assim estiver tendo dificuldades, me passe datas e horário e faço uma simulação aqui e vejo o que pode estar acontecendo pra tentar de ajudar melhor.
      Abraços e obrigada por prestigiar o nosso blog!

  17. Olá Simone, Parabéns! pelo Blog bastante didático e fácil de entender. Estou pretendendo fazer esta viagem no próximo mês abril 2016. Porém, estou com duas duvidas: como vou ficar em Rotterdam, terei de trocar de Trem? Segundo, tem prazo minimo para comprar as passagens, uma vez que o site que você direciona não está aceitando as datas de partida.
    Atenciosamente.
    Anquises Lisboa

    • Olá! Obrigada pelos elogios ao blog. Quanto às suas dúvidas, vamos lá:
      Pra ir para Rotterdam você NÂO faz troca de trem. Na estação Hoek Van Holland (que é a estação do porto) você pega o trem NS Sprinter para Rptterdam CS (é o trem que eu peguei e descrevi no blog). A diferenã é que ao invés de descre e trocar de trem, você permanece nele até a estação Rotterdam CS (que será a parada final, então não tem erro). Pra você ter uma ideía a viagem leva cerca de 30 minutos e a sequência de estações será esta: Hoek van Holland Haven (onde você embarca), Maassluis West, Maassluis, Vlaardingen West, Vlaardingen Centrum, Vlaardingen Oost, Schiedam Nieuwland, Schiedam Centrum (Não desembarque nesta. Continue no trem), Rotterdam Centraal (Estação final, já em Rotterdam, seu destino)
      Se quiser ter uma idéia melhor de como é a viagem, tem um video no YT que mostra ela todinha, com todas as estações identificadas. No comecinho à direita da tela vc consegue inclusive ver o navio (ferry) da Stena Line. Ovideo é este aqui: https://youtu.be/5-8W1ssAdew
      Eu não lembro bem quando comprei, mas tenho a ligeira impressão que liberam pra compras 90 dias antes. Sei que comprei com pelo menos 2 meses de antecedência. Quanto ao mínimo eu penso que até um dia antes você consegue comprar sem problemas, havendo disponibilidade de vagas. Sem saber a data que você procura não consigo te ajudar muito, mas fiz aqui algumas simulações de datas em abril/2016 e todas abriram pra mim na simulação. Vc tem que colocar a opção Saida de London/Liverpool Street e Destino: Any Dutch NS Station. O link para compra é: http://www.stenaline.co.uk/ferry-to-holland/rail-and-sail

      Se não conseguir pelo link que passei acima, me mande a data que vc pretende e eu tento simular aqui e ver o que pode estar acontecendo.

      Abs,

      • Cara Simone, Obrigado pela sua presteza e atenção, infelizmente não estou conseguindo colocar a data da minha viagem no link que você indicou. Dessa forma, solicito o especial de fazer uma simulação na data da minha viagem é no dia 27 de abril de 2016, no horário da noite, 2 passagens.
        Obrigado, e desculpe pelo trabalho.
        Anquises Lisboa.

  18. Oi Simone, já devia ter escrito antes, mas nunca é tarde para agradecer pela ajuda. Viajamos em outubro de 2015 e as suas dicas foram preciosas. Fizemos o trecho Londres/amsterdan com esse roteiro do superferry nas mãos. Sucesso garantido. Um abraço.

    • Cibely que legal que você curtiu sua viagem e deu tudo certo! E muito obrigada por prestigiar o blog e voltar aqui pra dar esse retorno pra gente sobre sua viagem! abraços!

    • Oi Antonio, eu comprei pela internet e eles mandam por email os comprovantes de reserva e esse email você valida na estação Liverpool Street para embarcar no trem para o porto. Lá no porto ao fazer o check in no navio você novamente mostra o email e recebe os bilhetes de trem da Holanda.
      No finalzinho do post (na parte Informações Extras) tem a parte onde falo das reservas e tem o link pra empresa Stena Line, onde dá pra comprar o bilhete.

  19. Oi Paula, tudo bem? Obrigada por acompanhar o blog!
    Você não escolhe o horário dos trens, mas quando você faz a reserva tem que vir escrito que é da Liverpool St. até “any dutch station”. Se em nenhum lugar da reserva tiver isso, pode ter acontecido algum erro na reserva.
    Se você ficar na dúvida se está incluso ou não, tira uma foto da reserva e sobe ela pra qualquer site de imagens da internet, como o https://photos.google.com/ por exemplo e me manda o link pra eu dar uma olhadinha.
    Bjks!

  20. Muito legal essa alternativa!
    Mas me diz o que você acha.
    A minha idéia é fazer Londres – Amsterdã com o superferry, no entanto após amsterdã vou passar em Bruxelas e Bruges. Você achamelhor eu ir até Bruxelas com o supeferry, passar em Bruges e depois ir para Amsterdã, ou ir até amsterda e fazer como estava programado?

    Abraço

    • Oi Henrique! Obrigada por acompanhar o blog!
      A superferry leva até um porto na Holanda e de lá você só tem opção de pegar o trem que vai pra Amsterdã. Não tem opção de ir pra Bruxelas ou qualquer outra cidade da Bélgica nesse pacote.
      Acho melhor você manter o plano inicial e ir mesmo até Amsterdã, curtir a cidade, fazer todos os seus passeios por lá e depois seguir para Bruxelas ou Bruges. De Amsterdã você vai encontrar trens partindo diariamente da estação central para essas duas cidades.

  21. Olá Simone muito boa a dica sobre o ferry. Saberia informar se a venda do bilhete também é feita nos portos ou em algum outro ponto de venda fixo? Parabéns pelo blog.

    • Alex eu não sei te responder porque fiz todas as reservas desde o Brasil pra garantir, e acabei nem me informando sobre outras opções, mas acho que se você entrar em contato com a empresa eles conseguem te informar se existe essa opção! Obrigada pela visita ao blog! 🙂

Queremos saber o que você achou deste post! Deixe sua opinião, relato, dúvida ou bronca aqui!