Blog

Museu da Casa Brasileira em São Paulo

0
Museu da Casa Brasileira em São Paulo

O Museu da Casa Brasileira em São Paulo é dedicado ao tema da moradia pelo viés da arquitetura e do design, sendo referência nessas áreas e também promovendo o resgate e a preservação da memória sobre a diversidade do “morar” do brasileiro.

Descrito assim parece um local para um público específico de profissionais ou adultos interessados nesses temas, mas é uma imagem equivocada. Os eventos são bem abrangentes e voltados para toda a população, inclusive alguns específicos para crianças. E se renovam a cada mês.

Museu da Casa Brasileira em São Paulo

Não é um espaço muito conhecido nem mesmo pelos moradores da cidade, o que é uma pena, pois além do rico acervo, oferece uma programação com exposições temporárias, apresentações artísticas, debates, palestras e diversos eventos ligados a assuntos como urbanismo, habitação, mobilidade urbana e sustentabilidade.

O museu

O MCB está instalado em um charmoso casarão que no fundo abriga um lindo jardim. Espaços que já justificam uma visita. Criado em 1970 como Museu do Mobiliário Artístico e Histórico Brasileiro, ele fica em um solar neoclássico construído entre 1942 e 1945, originalmente para abrigar o ex-prefeito de São Paulo (1934-1938) Fábio da Silva Prado e sua esposa Renata Crespi Prado.

Museu da Casa Brasileira em São Paulo

O projeto arquitetônico é de Wladimir Alves de Souza e foi inspirado no Palácio Imperial de Petrópolis (RJ). O casal morou na residência por 18 anos e a transformou em centro de grandes recepções oficiais. Após a morte de Fábio Prado, que não deixou herdeiros, a esposa Renata Crespi doou o imóvel para a Fundação Padre Anchieta, que cedeu o prédio em comodato à Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo.

Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo

Vale a pena conferir: Museum Week 2016 – Nossa seleção de museus imperdíveis!

Exposições Permanentes

Coleção MCB: com parte do acervo da instituição, constituído por móveis e objetos representativos da casa brasileira desde o século 17 até os dias de hoje.

Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo

A Casa e a Cidade (Coleção Crespi Prado): que aborda o uso residencial do imóvel que hoje abriga o museu por meio do cotidiano e da trajetória de seus moradores originais: o casal Renata Crespi e Fábio Prado, protagonistas de transformações históricas, culturais e urbanísticas na cidade.

Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo

Exposições Temporárias

Além dessas exposições permanentes, o museu apresenta exposições temporárias. Nas datas da nossas visitas, as exposições eram:

5ª Mostra de Jovens Designers: um painel da produção dos estudantes brasileiros da área, reunindo produtos e protótipos de 63 universitários de oito estados.

Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo

Casa do Brasil 2014 – Sobrevivências/Uma exposição sobre vivências: Carandiru: A exposição revela as soluções encontradas pelos detentos para as condições de vida enfrentadas no cotidiano do presídio.

Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo Museu da Casa Brasileira em São Paulo

Leia também: MASP – Museu de Arte de São Paulo

Restaurante Santinho

Lá funciona também uma unidade do restaurante Santinho, que é simplesmente maravilhoso! Infelizmente não muito barato…

Museu da Casa Brasileira em São Paulo

Serviço

MCB – Museu da Casa Brasileira

Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano – São Paulo

Telefone: (11) 3032-3727 e (11) 3026-3900

Horário: O MCB funciona de terça a domingo, das 10h às 18h

Ingresso: Pago – consulte o valor no site do museu. Maiores de 60 anos e crianças até 10 anos não pagam. Gratuito ao público em geral aos sábados, domingos e feriados.

Como chegar:

  • Carro: para quem vai de carro, existe um estacionamento (pago) no local.
  • Metrô: a estação de metrô mais próxima é a Faria Lima (linha 4 – amarela). Da estação ao museu é possível ir caminhando por cerca de 25 minutos (1,7 km) ou pegar alguns dos ônibus que percorra a Faria Lima (percurso de cerca de 10-15 minutos).
  • Trem CPTM: a estação mais próxima é a Cidade Jardim (linha 9 – esmeralda). Da estação ao museu é preciso ir caminhando por cerca de 15 minutos (1 km).

Roteiro Centro Histórico de São Paulo: Largo de São Bento ao Largo São Francisco

14
tro Histórico de São Paulo

Roteiro do Largo de São Bento ao Largo São Francisco

O centro histórico de São Paulo anda um pouco abandonado, é bem verdade, mas ainda assim existem verdadeiras joias que valem a pena ser visitadas. Pensando nisso preparamos um roteiro a pé para quem quer conhecer um pouco mais da história e da arquitetura da cidade.

Mosteiro de São Bento

O Mosteiro de São Bento de São Paulo começou em uma pequena capela fundada em 1598 e foi elevado à categoria de abadia em 1635. O conjunto foi sendo ampliado e remodelado ao longo dos anos até ser demolido em 1907. A construção atual foi feita entre os anos de 1910 e 1922, projetada no estilo eclético germânico pelo arquiteto Richard Bernd. O relógio externo e o órgão da basílica, ambos de fabricação alemã, estão entre os mais precisos de São Paulo.

Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo

O local é tão lindo que já vale a visita, mas há dois outros motivos legais para ir até lá. O primeiro é a missa com cantos gregorianos acompanhados do som do grande órgão, que acontece todos os dias em horários variados. A de domingo (às 10h) é bem concorrida, um espetáculo que lota a igreja, por isso é bom chegar cedo…

tro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo tro Histórico de São Paulo Mosteiro de São Bento no Centro Histórico de São Paulo tro Histórico de São Paulo

Outra grande atração é a padaria do mosteiro, com pães, bolos, doces, biscoitos e geleias feitas pelos próprios monges e cujas receitas são seculares. Os preços são meio “salgados”, mas são delícias artesanais, com ingredientes frescos e embalagens requintadas. Lá funciona também um teatro, no qual são realizados concertos musicais e eventos em geral, e um tradicional colégio.

Viaduto Santa Efigênia

Uma interessante estrutura metálica que tem uma das extremidades no Largo São Bento, pena que atualmente está em péssimo estado de conservação. O piso é revestido por mosaicos de pastilhas de cerâmica e há vários postes de iluminação ornamentais. Do outro lado fica a igreja de Nossa Senhora da Conceição de Santa Efigênia.

Viaduto Santa Ifigenia no Centro Histórico de São Paulo Viaduto Santa Ifigenia no Centro Histórico de São Paulo Viaduto Santa Ifigenia no Centro Histórico de São Paulo Viaduto Santa Ifigenia no Centro Histórico de São Paulo

Edifício Martinelli

Entre as ruas São Bento, Libero Badaró e Avenida São João, o prédio em estilo neoclássico e tons de rosa é considerado o primeiro arranha-céu da América Latina. Aberto à visitação.

Leia –  Descobrindo Sampa: o audacioso sonho do edifício Martinelli

Edifício Martinelli no Centro Histórico de São Paulo Edifício Martinelli no Centro Histórico de São Paulo Edifício Martinelli no Centro Histórico de São Paulo Edifício Martinelli no Centro Histórico de São Paulo

Edifício Altino Arantes

O famoso prédio do “Banespão” (pertenceu ao Banco do Estado) é muito semelhante ao Empire States de Nova York. É um ícone da cidade, verdadeiro cartão-postal. Do seu topo se tem uma vista incrível de toda a cidade, mas infelizmente as visitas estão suspensas por tempo indeterminado.

Edifício Altino Arantes no Centro Histórico de São Paulo Edifício Altino Arantes no Centro Histórico de São Paulo Edifício Altino Arantes no Centro Histórico de São Paulo

Centro Cultural Banco do Brasil

Linda construção nas esquinas das ruas Álvares Penteado e da Quitanda, que foi o primeiro prédio próprio da entidade financeira na capital e hoje abriga um espaço cultural que oferece exposições, filmes, teatro, palestras e uma série de outros eventos artísticos e culturais.

Veja também: Uma visita ao charmoso Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo

Centro Cultural Banco do Brasil no Centro Histórico de São Paulo Centro Cultural Banco do Brasil no Centro Histórico de São Paulo Centro Cultural Banco do Brasil no Centro Histórico de São Paulo Centro Cultural Banco do Brasil no Centro Histórico de São Paulo Centro Cultural Banco do Brasil no Centro Histórico de São Paulo

Praça Antônio Prado

Está meio decadente, mas ainda é charmosa, com suas engraxatarias, bancas de jornal, cafés, doceiras e prédios históricos como a Bolsa de Valores. É lá que está o último exemplar de um relógio Níchile, famoso por sua pontualidade e que virou até patrimônio histórico! No cruzamento da Rua São Bento com a Avenida São João.

Onde comer: Casa Mathilde Doçaria Portuguesa (dica do blog Passeiorama)

Praça Antonio Prado no Centro Histórico de São Paulo Praça Antonio Prado no Centro Histórico de São Paulo Praça Antonio Prado no Centro Histórico de São Paulo Praça Antonio Prado no Centro Histórico de São Paulo Praça Antonio Prado no Centro Histórico de São Paulo

Praça do Patriarca

É uma das mais antigas da cidade, cujo nome é uma homenagem a José Bonifácio de Andrada e Silva (Patriarca da Independência). Fica no encontro das ruas São Bento, Líbero Badaró, Direita e da Quitanda. Na região estão a Igreja de Santo Antônio e os históricos edifícios Barão de Iguape, Sampaio Moreira, Casa Fretin e Othon Palace Hotel.

Praça do Patriarca no Centro Histórico de São Paulo

Edifício Matarazzo

Construído entre 1937 e 1940 para sediar os escritórios do maior grupo industrial da época, o prédio em estilo fascista foi projetado pelo Escritório Técnico Ramos de Azevedo. Sofisticado, destaca-se pelo imenso jardim no terraço. Já pertenceu ao Banco do Estado e hoje é a sede da prefeitura da cidade. Está aberto à visitação, sob agendamento.

Edifício Matarazzo no Centro Histórico de São Paulo Edifício Matarazzo no Centro Histórico de São Paulo

Largo São Francisco

Em 1643 os frades franciscanos iniciaram a construção de uma igreja e de um convento na área hoje conhecida como Largo São Francisco. Na região estão duas igrejas dedicadas ao santo, que muita gente acha que é uma só, a famosa Faculdade de Direito, a Escola de Comércio Álvares Penteado e o histórico edifício Saldanha Marinho.

Largo São Francisco no Centro Histórico de São Paulo Largo São Francisco no Centro Histórico de São Paulo

Largo São Francisco no Centro Histórico de São Paulo Largo São Francisco no Centro Histórico de São Paulo Largo São Francisco no Centro Histórico de São Paulo Largo São Francisco no Centro Histórico de São Paulo

Tour de Bicicleta pelo Centro Velho

Para quem preferir conhecer o Centro Velho de São Paulo de bicicleta, nós já falamos aqui no blog sobre um tour gratuito de bicicleta que acontece aos finais de semana: Pedalando pela Rota Centro Velho do Bike Tour SP

Serviço:

Igreja e Mosteiro de São Bento

Largo de São Bento, s/nº (próximo ao metrô São Bento) – Tel.: (11) 3328-8799

Edifício Martinelli

Entre as ruas São Bento, Libero Badaró e Av. São João – Tel.: (11) 3104-2477

Centro Cultural Banco do Brasil

Rua Álvares Penteado, 112 – Tel.: (11) 3113-3651/3652

Edifício Matarazzo

Viaduto do Chá, 15 (próximo ao metrô Anhangabaú)

Visita agendada com antecedência pelo e-mail: visitaedificiomatarazzo@spturis.com

 

Como chegar:

O roteiro inicia no Largo São Bento, que fica em cima da estação São Bento do Metrô (linha 1 – Azul). O final do roteiro é no Largo São Francisco e a estação de metrô mais próxima é a Sé (linha 1 – Azul / Metrô linha 3 – Vermelha).

O Despertar da Magia na Expo Disney 2016

0
O Despertar da Magia em São Paulo – Expo Disney 2016

Recorde de novidades no mundo Disney em 2016

As pessoas costumam se espantar quando revelo quantas vezes já viajei para Orlando. Mais ainda quando confesso que não vejo a hora de voltar. É que aquele lugar é mágico e está sempre em renovação. Simples assim!

Então não achem que é loucura se eu disser que estou com coceira na mão e quase comprando passagens para conferir de perto as novidades… O ano 2016 já começou arrasando e promete muito mais com a chegada do verão norte-americano

Visitei esta semana a Expo Disney 2016, em São Paulo, uma feira voltada principalmente para o mercado de licenciamento de produtos Disney, mas que aborda também outras novidades do universo Disney. Lá participei do evento “O Despertar da Magia”, no qual Gabriela Delai, gerente de Vendas da Disney Destinations, apresentou as novidades de 2016 no complexo da Flórida.

O Despertar da Magia em São Paulo Expo Disney 2016

Vou compartilhar aqui no blog os principais destaques da Terra da Magia apresentados lá no evento.

Magic Kingdom

  • Mickey’s Royal Friendship Faire – Nova apresentação que acontecerá em vários momentos do dia em frente ao castelo da Cinderela, reunindo os personagens tradicionais da turma do Mickey e também outros que nunca aparecem juntos, como Rapunzel, a princesa Tiana e as irmãs Ana e Elsa. Estréia confirmada para 17 de junho.
  • Skipper Canteen –  Restaurante estilo table service inspirado na atração Jungle Cruise, com culinária estilo sul-americana. (consulte o cardápio). Novidade já em funcionamento.

Epcot

  • Soarin´- Uma das atrações mais amadas do parque volta repaginada. O simulador de asa delta agora tem o mundo como destino. Então aguardem um passeio pela Muralha da China, Grand Canyon, savanas africanas e outras surpresas guardadas a sete chaves. E o melhor: funcionará em três auditórios (antes eram dois). Será que teremos filas menores? Abertura confirmada para dia 17 de junho.
  • Frozen Ever After – Uma viagem pelo mundo de Ana, Elza e Olaf, uma atração leve e indicada para todas as idades, que funcionará no antigo espaço do Maelstrom, no pavilhão da Noruega. Com abertura prevista para o dia 21 de junho.
  • Royal Sommerhus – Também no pavilhão da Noruega, será um espaço dedicado para os que querem encontrar as famosas irmãs para fotos e autógrafos. Abertura prevista para o dia 21 de junho.
  • Turtle Talk – O divertido bate-papo entre as crianças e a tartaruga Crush, da animação Procurando Nemo, agora vai contar com a participação da simpática peixinha Dory na atração. Novidade já em funcionamento.

O Despertar da Magia em São Paulo – Expo Disney 2016

Leia também: Refeição com as princesas Disney: Akershus Royal Banquet Hall

Hollywood Studios

  • Launch Bay – Onde é possível encontrar alguns personagens, participar de joguinhos e visitar uma exposição permanente de relíquias e objetos usados na produção de todos os filmes da série. Atração já em funcionamento.
  • Star Tours – A clássica atração foi renovada e ganhou cenas do filme mais recente. Em funcionamento
  • Star Wars: A Galactic Spetacular –  Show de fogos noturno que substitui o Simphony in the Stars. Segundo a Disney, a apresentação será a mais elaborada feita pelo parque, contando também com projeção de imagens. Estréia prevista para 17 de junho.

O Despertar da Magia em São Paulo – Expo Disney 2016

Animal Kingdom

  • Rivers of Light – Uma das novidades mais aguardadas em todo o complexo é sem dúvidas o show noturnoO espetáculo chega para fechar as noites do parque, que agora terá horário expandido, encenando mitologias orientais ligadas à natureza. Em harmonia com o espírito ecológico do parque e em respeito à fauna local, esta apresentação não terá fogos de artifício como ocorre nos outros parques, usando de recursos como projeções na água, luzes e música, em um gigantesco anfiteatro construído no lago central. Estréia prevista para o verão 2016, mas sem data definida.
  • Tree of Life Nighttime Awakenings –  Espetáculo de projeções de luzes e imagens na Árvore da Vida após o entardecer. Cada apresentação dura em média três minutos. Já em cartaz.
  • Tiffins – Restaurante africano, estilo table service (consulte o cardápio). Já em funcionamento.
  • Pandora: The World of Avatar – A recriação no parque da terra mítica do filme Avatar será algo revolucionário, uma nova área com pelo menos duas grandes atrações, uma voando e uma navegando por esse universo mágico, e claro lojinhas e opções de alimentação. Previsto para 2017, mas sem data definida.

Blizzard Beach

  • Frozen Sumer Games, a aposta pra movimentar o parque aquático, onde os visitantes são convidados a fazer parte de um do dois times que disputarão o campeonato do dia: Kristoff ou Olaf. A divertida gincana conta com atividades que podem ser feitas por pessoas de qualquer idade, como arremesso de bolas de neve ou corrida nos toboáguas. Já está acontecendo e vai até o dia 21 de agosto.

O Despertar da Magia em São Paulo – Expo Disney 2016

Confira: Provamos o Kitchen Sink, o famoso “sorvete na pia” no Walt Disney World Resort

Disney Springs

  • Disney Springs, o antigo Downtown Disney, praticamente dobrou de tamanho. Após três anos de expansão mudou radicalmente de imagem e ganhou novos restaurantes, lanchonetes, opções de entretenimento e compras. Agora são quatro “bairros”: Marketplace, The Landing, Town Center e West Side.
  • La Nouba – O espetáculo do Cirque du Soleil ganhou dois novos atos.

O Despertar da Magia em São Paulo – Expo Disney 2016

Leia todos os nossos posts sobre o Walt Disney World Resort

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

8
Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

No início deste ano fizemos nosso primeiro cruzeiro em família. Fiz várias pesquisas e a primeira decisão que tive que tomar foi se faríamos um cruzeiro saindo do Brasil ou um saindo dos Estados Unidos. Depois de pesar muitos prós e contras, me decidi por um cruzeiro da Royal Caribbean para Punta del Este, Montevidéu e Buenos Aires, que partia do porto de Santos (SP).

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

Cruzeiro Royal Caribbean para Argentina e Uruguai

A escolha

A primeira decisão como eu disse foi sobre de onde partiria o cruzeiro. Levando em conta a alta do dolar, e que minha tia queria nos acompanhar e ela não tem visto americano, acabamos optando por um cruzeiro partindo do Brasil.

O passo seguinte foi decidir a duração do cruzeiro. Como queríamos poder aproveitar a estrutura a bordo, as paradas em terra e ainda ter tempo para relaxar um pouco, decidimos que o melhor seria um cruzeiro de 7 dias, que nos daria tempo suficiente pra poder aproveitar toda a estrutura do navio sem corre-corre. Confesso que fiquei um pouco apreensiva em escolher um cruzeiro de uma semana, ao invés de um mini cruzeiro, pois como seria nossa primeira viagem desse tipo, fiquei receiosa que alguém não se adaptasse e tivesse náuseas e acabássemos numa situação difícil a bordo. Fiquei um bom tempo ponderando entre mini cruzeiro (3 ou 4 dias) ou cruzeiro de uma semana e como já disse nos decidimos pelo último, contando que teriamos a boa sorte do nosso lado.

Feito a escolha do período, entrei em contato com minha agente de viagens (contato no final do post) que rapidinho me mandou as opções de roteiros das três principais companhias: Royal Caribbean, Costa e MSC. E descobrimos que elas fazem roteiros muito parecidos e limitados: ou vão pelo litoral brasileiro até Salvador ou descem para Argentina e Uruguai. Optamos por este último, sendo fator decisivo a companhia. Pelas referências queríamos fazer com a Royal Caribbean e ela só disponibilizava o segundo roteiro, pois ela trouxe apenas um navio ao Brasil na temporada 2015/2016.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

Roteiro

O cruzeiro saia do porto de Santos (SP), num domingo e tinha o seguinte roteiro:

Dia 1 (domingo) – SANTOS (SP) – atracado – embarque às 16h

Dia 2 (segunda-feira) – navegando

Dia 3 (terça-feira) – Punta del Este  (Uuguai) – atracado – tempo em terra: das 12h as 19:30h

Dia 4 (quarta-feira) – Buenos Aires (Argentina) – atracado – tempo em terra: 9:30h – 23:30h

Dia 5 (quinta-feira) – Montevidéu (Uruguai) – atracado – tempo em terra: das 12:30h às 20h

Dia 6 (sexta-feira) – navegando

Dia 7 (sábado) – navegando)

Dia 8 (domingo) – Santos (SP) – atracado –  desembarque às 7h

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

O navio

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

O navio que embarcamos foi o Rhapsody of the Seas, navio que veio pela primeira vez ao Brasil. O Rhapsody é um navio da classe Vision da frota da Royal Caribbean.

DADOS DO NAVIO

Tonelagem bruta 78,491
Comprimento 915,35 pés
Largura máxima 105.6 pés
Calado 25 pés
Velocidade de cruzeiro 22 nós

O Rhapsody os the Seas tem 11 decks,onde se distribuem as cabines, toda a estrutura de lazer, entretenimento, gastronomia e compras do navio.

Nossas cabines

Reservamos duas cabines internas no terceiro deck do navio. A primeira cabine tinha uma cama de casal e do teto desciam duas camas de solteiro na configuração para a noite. Nessa cabine ficamos eu, meu marido e minhas duas filhas (9 e 11 anos).

http://comfilhosporai.com.br/como-usar-milhas-aereas-para-viajar-mais-com-a-familia/ http://comfilhosporai.com.br/como-usar-milhas-aereas-para-viajar-mais-com-a-familia/

A cabine apesar de pequena é bastante funcional e conseguimos nos virar bem durante o tempo do cruzeiro. No quarto, além das camas, tinha uma comoda com espelho e cadeira, duas mesinhas laterais, um mini sofá, TV, armário que coube bem nossas roupas pra semana (as malas nós colocamos embaixo da cama). O banheiro era bastante compacto, além do vaso, ducha e pia tinha também uma prateleira de canto onde deu pra acomodar bem todos os produtos de higiene que levamos.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

A segunda cabine tinha a mesma configuração da primeira, com a exceção que não tinha as duas camas de solteiro que descem do teto. Nela, ficou acomodada a minha tia.

Entretenimento a bordo

O navio tinha uma piscina maior descoberta no deck superior, onde também ficavam quatro hidros, o solário e o bar da piscina. Ali era onde se concentrava a maior parte dos passageiros durante o dia. Sempre tinha alguma atividade acontecendo, ou com os recreadores, ou com a banda que fazia shows de música ao vivo.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

Ali, ficava também a telona, que a cada noite exibia uma sessão de cinema ao ar livre. Nesse quesito, uma coisa ruim foi que repetiram os filmes nos últimos dias do cruzeiro, assim, quem já tinha assistido nas primeiras quatro noites, ficou sem essa opção pra demais noites.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

segunda piscina era bem menor, coberta e aquecida. Ficava numa área mais reservada, bem silenciosa e o uso da piscina e das duas hidros era exclusiva para adultos.  Era um ambiente bem mais agradável pra mim, já que não curto muito música alta, mas que quase não frequentamos já que as crianças não podiam utilizar o espaço. Ficava anexo ao Spa.

O navio tinha um teatro onde aconteciam os shows noturnos em dois horários diferentes, pra atender ambos os turnos de jantar. durante nosso cruzeiro os shows foram bem variados e muito bem produzidos: shows de dança, músical, sertanejo e mágica. Gostamos bastante.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

O lobby central também era palco pra vários espetáculos, no happy hour e no finalzão de noite sempre tinha um show dançante.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

O cassino é bem pequeno, e todas as vezes que eu passava estava bem vazio. Acho que o dolar alto espantou os curiosos (meu caso)  e ficaram mesmo por ali só os jogadores mais “viciadinhos”.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

A loja do navio fazia várias promoções diárias e vendia de tudo um pouco: guloseimas, bolsas, relógios, souvenirs, roupas, jóias… Garimpando conseguimos algumas coisas com bom preço. Vale muito a pena se informar sobre as ofertas e esperar por elas pra comprar. Não compensa ir e comprar tudo que se gostou de uma vez só. Optamos por esperar as promoções e acabamos fazendo uma boa economia.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

O navio tinha um kids club dividido por faixa etário: berçario, pra crianças menores e adolescentes, mas nem chegamos a conhecer porque minhas filhas não curtiram muito a programação e sinceramente me pareceu mesmo que era meio parado demais. Nem insistimos pra elas ficarem por ali não. Nçao tenho fotos porque eles nçao permitem entrada dos pais nem pra conhecer (o que também me tirou um pouco a confiança de deixar as meninas ali)  e nem fotos. ao lado do kids club ficava o arcade room, que também não despertou muito interesse nas meninas.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

Outro espaço que não chegamos a aproveitar foi a parede de escalada que ficava na frente do navio. Não despertou muito o interesse da nossa “tropa”.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

 

Sei que tinha um night club, onde aconteciam festas noite adentro, mas não fomos em nenhuma delas, porque não queríamos deixar as meninas sozinhas e nem sobrecarregar minha tia. E pra dizer a verdade, a viagem veio num momento que eu e meu marido estávamos tão cansados e precisando de férias, que lá pela meia noite a gente já estava capotando de sono (a idade mandou um alô!!)

Gastronomia a bordo

Gostamos muito das refeições que fizemos a bordo. Chego a dizer que junto com o atendimento foi o ponto alto do cruzeiro.

Windjammer Café

O buffet principal, um restaurante onde era servido o café da manhã e ali era onde a maioria dos hóspedes fazia essa refeição, então era bem movimentado.

O almoço também é servido em sistema buffet neste restaurante e tinha uma opção bem grande de pratos.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

Park Café

Café que funcionava num sistema auxiliar, servindo lanches e snacks nos horários entre as principais refeições. ficava ao lado da piscina coberta.

Edelweiss Dining Room

É o restaurante principal do navio, onde era servido o jantar com horário marcado. Funciona no sistema a la carte e o cardápio mudava diariamente, com várias opções de entrada, prato principal e sobremesa. Tinha também um cardápio infantil, mas este não sofreu alteração durante o cruzeiro.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

O Edelweiss servia também café da manhã e almoço num sistema misto de buffet e opções de cardápio, num horário mais limitado e no sistema de atendimento por ordem de chegada. No geral era bem vazio durante essas duas refeições e o atendimento sempre impecável.

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

Restaurantes especializados

O navio tinha quatro opções de restaurantes que são pagos a parte. Não fomos em nenhum deles.

Izumi – restaurante asiático, com pratos como: sushi rolls, sashimi, e sukiyaki entre outros.

Chops Grille – restaurante de carnes e frutos do mar.

Giovanni’s Table – uma trattoria italiana

Chef’s Table – uma experiência eno-gastronômica onde 12 hóspedes por vez podem degustar um jantar com 5 pratos feitos exclusivamente pelo chef e harmonizado com s vinhos mais finos. É a experiência mais exclusiva do navio.

Nossa opinião geral sobre o cruzeiro

De maneira geral gostamos do cruzeiro e da experiência a bordo. Foi uma boa experiência pra um primeiro cruzeiro, mas se fossemos fazer outro, provavelmente pesquisaríamos um navio com uma estrutura maior para as crianças. Minhas filhas curtem muito piscina e adoram comer bem, então a dobradinha piscina o dia todo e refeições variadas e gostosas já as deixaram bem satisfeitas. Isso e mais algumas partidas de UNO no meio de tarde já garantem duas meninas felizes (é minhas filhas são uns amores pra agradar… e como viajam com a gente desde pequenas, acabam se adaptando muito bem em ambiente mais focados pra entretenimento adulto. Elas já desenvolveram um repertório de brincadeiras e atividades paralelas pra se manterem distraidas).

Cruzeiro com a família para Punta Del Este, Montevidéu e Buenos Aires

Sobre as experiências em terra, vou fazer posts em separado, porque acho que tem muita coisa pra contar e vale a pena dedicar um post pra cada parada do navio.

Nossas reservas foram feitas pela SigTur Viagens, que cuidou de toda a parte burocrática da reserva e indico pelo ótimo atendimento. Não recebemos nenhum tipo de incentivo, desconto ou benefício para fazer essa indicação, que é feita expontaneamente já que aprovamos o serviço e o atendimento.

Blog expert em viagem com filhos – nós fazemos parte!

2
family travel blog expert viagem com filhos

O Família Viagem nasceu da nossa vontade de dividir com outras famílias os nossos roteiros, achados, dicas e experiências mundo afora. O blog é feito por duas mães apaixonadas por viagem e que descobriram que viajar com filhos é ainda mais divertido. Lógico que tem alguns desafios, mas bem planejada, qualquer viagem pode ser inclusiva pros pequenos. Hoje, nossas “malinhas” incluem três meninas, uma de 5 anos, outra de 9 e uma pré adolescente de 12 anos.

Familia viagem Meninas Hara Batista

O que significa Blog Expert Viagem com Filhos?

Sempre estamos buscando outros blogs de viagem pra nos inspirar e ajudar no planejamento de futuras viagens e desse contato próximo com esse rico universo da blogosfera nasceu um grupo de blogueiros que sabem tudo sobre viajar com filhos (de todas as idades, desde bebês até jovens adultos).

Hoje, estamos muito orgulhosas por fazer parte desse seleto grupo e passaremos a exibir no nosso blog o selo “Blog Expert Viagem com Filhos“.

family travel blog expert viagem com filhos

Algumas das nossas experiências que queremos compartilhar com vocês:

Conheça todos os blogs que fazem parte da iniciativa

2 na Bagagem

A próxima Parada, agora com bagagem extra

Alemanha! Por que não?

Andreza Dica e Indica Disney

As Passeadeiras

Ases a Bordo

Baianos no Polo Norte

Bebe Piccolo

Café Viagem

Cantinho de Na

Cariocando por Aí…

Carregando Malinhas

Clube de Viagens Moms

Colagem

Com Filhos por aí!

Crescendo e Viajando

Cumbicão

Cuore Curioso

De Petrolina para o Mundo

De Primeira Viagem

Desempilhados

Diario de Viagem

Dias viajando por aí…

Dicas da Rege

Do RS para o Mundo

E aí, Férias!

Eu Viajo Com Meus Filhos

Família Viagem

Felipe, o pequeno viajante

Ferinhas Viajantes

Fourtrip

Gosto e Pronto

Ir, Ver e Viver o Mundo

Lala on the Road

Londres com crianças

Mala Inquieta

Malas & malinhas

Malas e Panelas

Mamãe Tagarela

Maria Aqui e Ali

Mezzo Mondo

Miles in Family

No Mundo com a Gente

O Rei do Hotel

Os Caminhantes

Para a Disney e Além!

Passeiorama

Pequenos pelo Mundo

Por aí com os Pires

Quatro Cantos do Mundo

Rascunhos de Fotografia

Registros de uma mãe Carioca

Retrip Viagens e Experiências

Rodando pelo Ceará

Travelbook

Trilhas e Cantos

TripBaby

Valentina na estrada

Vamos Aonde

Vem pro Parque!

Viagem com Gêmeos

Viagem Simplesmente

Viagens que Sonhamos

Viajando com Palavras

Viajando de Carro

Viajando em família

Viajando por Aí

Viajante em Tempo Integral

Viajar hei

Vida de Viajete

Vou Viajar

Wanna Disney Pelo Mundo

Então, sempre que você precisar buscar informações, dicas e roteiros para viajar com os filhos (de qualquer idade), pode contar com a expertise desse time de feras!

Refeição com as princesas Disney: Akershus Royal Banquet Hall

7
Akershus Royal Banquet Hall

Nossa mais recente viagem para Orlando teve como um dos focos comemorar o aniversário de cinco anos da filhota, então nada mais justo que incluir no roteiro alguns restaurantes com a presença de personagens Disney. Difícil decidir no meio de tantas opções, mas certamente um com princesas deveria estar na lista.

Akershus Royal Banquet Hall

O Akershus foi um dos primeiros a entrar na disputa e confesso que foi uma das melhores escolhas. O restaurante fica no pavilhão da Noruega do Epcot e tem como tema um castelo medieval, onde a rainha fará uma festa em homenagem às princesas mais queridas dos contos de fadas. E você é o convidado!

Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall

Leia também: Aluguel de carrinho de bebê em Orlando

O legal de lá é que não é só uma princesa que aparece, e sim várias. Em geral cinco, que podem variar. A Bela é a garantida, já que fica logo na entrada, recepcionando os convidados e tirando as fotos.

Akershus Royal Banquet Hall

No dia de nossa visita estavam também Ariel, Aurora, Branca de Neve e Cinderella. A entrada delas foi bem divertida: juntas chamavam a criançada e cada uma ganhava um grupinho de seguidores para passear pelo salão dançando. Depois elas se revezavam passando de mesa em mesa, bem sorridentes, conversando com as crianças, posando para fotos e distribuindo autógrafos.

Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall

O ambiente é bem charmoso, com decoração caprichada nos mínimos detalhes, dando a sensação de estar em um reino de verdade. As mesas são espaçadas e confortáveis. Ficamos em uma perfeita, mais para o fundo do salão, ao lado de uma janela com vista para o parque, com sofazinho (Mariana adora!). Tranquilidade total.

Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall

O restaurante serve café da manhã (estilo americano), almoço e jantar (estes em estilo norueguês) e tem um preço fixo por pessoa. Escolhemos o almoço, quando a refeição inclui um buffet no qual se pode servir à vontade, com muitos queijos, frios, salmão, frutos do mar, patês, pães, saladinhas e frutas. Só isso já seria o suficiente, tudo muito gostoso e farto.

Mas também escolhemos um prato do cardápio. Eu optei por um delicioso salmão sobre uma caminha de batatas e um molho típico da Noruega. O Ricardo ficou com um sanduíche aberto com peito de frango, bacon e legumes. Mariana foi no básico filé grelhado com vagem e arroz.

Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall

A sobremesa é o Royal Chef’s Dessert Plate, um trio de doces para compartilhar, que são mais bonitos que gostosos na realidade, mas agradam…

Akershus Royal Banquet Hall

Sobremesa deliciosa na Disney? Leia: Provamos o Kitchen Sink, o famoso “sorvete na pia” no Walt Disney World Resort

Ficamos nos refrigerantes e suco de laranja que estavam inclusos no valor, mas o restaurante oferece várias opções de drinks e uma boa carta de vinhos que podem ser pagos à parte.

A Mariana usava um button indicando que era seu aniversário, então ganhou alguns mimos, o que é praxe: um cartão com a assinatura das princesas e um cupcake simbolizando o bolo da comemoração.

Akershus Royal Banquet Hall

Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall

Os funcionários rendem um comentário à parte. São todos noruegueses e garantem um atendimento nota dez! A garçonete Dorthe nos cativou com muita eficiência e animação. Além de tirar fotos hilárias conosco, fazendo caretas, presenteou a Mariana com um copo comemorativo da Ariel que vem com um canudo que brilha… Muita simpatia!

Akershus Royal Banquet Hall Akershus Royal Banquet Hall

Quer outra opção bacana de restaurante no Epcot? Leia: Jantando no Restaurante Teppan Edo no Epcot

Alguns comentários e dicas…

  • O restaurante é concorridíssimo e reservas são necessárias. Se decidir conhecer veja com muita antecedência, pois as vagas abrem seis meses antes e esgotam rapidamente.
  • O horário é bem rígido. Se chegar atrasado além do limite estipulado provavelmente não entrará. Nós pedimos para antecipar e também não foi possível. Pelo menos foram bastante pontuais, espera mínima pela mesa, o que não ocorre em todos os restaurantes da Disney.
  • Vá com tempo e sem pressa. O ambiente é agradável para dar aquela relaxada em um dia de muita caminhada e as iguarias do buffet merecem ser degustadas com calma.
  • Considero uma das melhores opções para famílias, pois agrada adultos e crianças. Não é daqueles restaurantes que só valem pelos personagens, ele oferece excelente relação custo-benefício, com comida deliciosa e farta e um ótimo atendimento. E a interação com as princesas é muito legal.

Akershus Royal Banquet Hall

Akershus Royal Banket Hall

Epcot (Pavilhão da Noruega) no Walt Disney World Resort

Reservas: pelo site ou pelo telefone  +1 (407) 939-5277

Consulte o cardápio.